Conceitos básicos de eletrotécnica aplicada – 7ª parte Cargas das instalações e linearidade – cargas não lineares e fator de potência (continuação)

Ordem harmônica Cada um dos sinais senoidais apresentados na edição anterior compõe o sinal “soma” e pode ser representado pela “ordem harmônica”, que é a relação da frequência do sinal pela frequência fundamental. Em um sistema elétrico de corrente alternada, 60 Hz, um sinal (corrente ou tensão) de 300 Hz é considerado como de 5ª […]

Compartilhamento de responsabilidades harmônicas via processos de mudança de estado: tendências e desafios

*por Ivan Nunes Santos, José Carlos de Oliveira, Andréia Crico dos Santos e Bárbara Morais Gianesini A presença crescente de componentes não-lineares em instalações consumidoras industriais, comerciais e residenciais ocasiona a intensificação das distorções harmônicas presentes nas redes elétricas, com subsequentes impactos sobre a qualidade da energia suprida. Neste cenário de aumento da presença de […]

Caracterização dos ângulos de fase das componentes harmônicas

 *por Guilherme Leal Xavier Atualmente, a maioria das cargas presentes nos  sistemas  elétricos possui características não-lineares, as quais  contribuem  para  o surgimento de um dos principais fenômenos associados com a qualidade da energia elétrica: a distorção harmônica. Em função do surgimento das distorções nas formas de onda da corrente e, consequentemente, da tensão, tem-se, dentre […]

Ruídos em alta frequência nas instalações elétricas

Em maio de 2017, abordávamos nesta coluna as questões associadas às supra harmônicas, definidas como ruídos ou distúrbios nos barramentos e redes elétricas na frequência industrial, porém com frequências entre 2KHz e 150kHz. O que se pode observar na contínua observação do tema está relacionado aos ruídos causados pelos disparos dos elementos semicondutores que estão […]