Aspectos do fator de potência em regime de carga baixa – parte II

Na edição passada, trouxemos um caso de planta industrial que apresenta cobrança de excedente de energia reativa em período de baixa carga, quando o sistema de compensação reativa clássico não possui condições de operar pelo comportamento da carga, respeitando-se as premissas de não tornar a carga capacitiva, evitando sobretensões e cobrança de excedentes de reativos […]

Aspectos do fator de potência em regime de carga baixa

A tarifa de cobrança de excedentes de energia reativa é aplicada aos consumidores do grupo A e tem seu modelo desenvolvido a partir do valor do fator de potência registrado a cada hora do dia nos diversos períodos (ponta, fora de ponta indutivo e capacitivo) durante os dias úteis e finais de semana. Esta metodologia […]