São Paulo é líder nacional na geração de energia solar

O estado de São Paulo ocupa a liderança nacional na geração de energia solar, segundo dados divulgados na última semana pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). A unidade federativa tem atualmente um potencial energético de 3,8 gigawatss instalado por meio deste modelo de captação, capacidade suficiente para atender mais de 400 mil consumidores.

A modalidade ganha cada vez mais destaque no mercado, tornando-se uma solução para atender demandas energéticas em propriedades rurais. Este cenário estimulou o Governo de São Paulo a oferecer crédito aos produtores por meio da linha de Desenvolvimento Rural Sustentável Paulista, no âmbito de Energia Renovável do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (FEAP). A iniciativa visa impulsionar a instalação de placas solares para diversas necessidades, como bombeamento de água, eletrificação de cercas e iluminação, fortalecendo práticas sustentáveis na produção agrícola.

De acordo com a administração paulista, em 2023 foram ofertados mais de R$ 30 milhões para projetos ligados à produção de energia limpa no campo. Cerca de 240 produtores foram contemplados, contribuindo para a transição energética no estado.

Energia solar cresce em todo o país

Na última semana, a ABSOLAR também divulgou que o Brasil ultrapassou a marca de 37 gigawatts (GW) de potência instalada da fonte solar fotovoltaica, somando as usinas de grande porte e os sistemas de geração própria de energia em telhados, fachadas e pequenos terrenos, o equivalente a 16,3 % da matriz elétrica do país.

De acordo com a associação, desde 2012, a fonte solar já trouxe ao Brasil mais de R$ 179,5 bilhões em novos investimentos, mais de R$ 50,3 bilhões em arrecadação aos cofres públicos e gerou cerca de 1,1 milhão de empregos acumulados. Com isso, também evitou a emissão de 45,2 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade.

No segmento de geração distribuída de energia, são 25,6 GW de potência instalada da fonte solar. Isso equivale a cerca de R$ 128,4 bilhões em investimentos, R$ 33 bilhões em arrecadação e mais de 768,12 mil empregos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões do Brasil. A tecnologia solar é utilizada atualmente em 99,9% de todas as conexões de geração distribuída no País, liderando com folga o segmento.
 
Já no segmento de geração centralizada, o Brasil possui cerca de 11,4 GW de potência instalada em usinas solares de grande porte. Desde 2012, os empreendimentos fotovoltaicos já trouxeram ao país cerca de R$ 51 bilhões em novos investimentos e mais de 344,2 mil empregos acumulados, além de proporcionarem uma arrecadação aos cofres públicos que supera R$ 17,3 bilhões.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo evento

Evento: DISTRIBUTECH
Data: 26/02/2024
Local: CENTRO DE CONVENÇÕES DO CONDADO DE ORANGE
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Light+Building
Data: 03/03/2024
Local: Fair Frankfurt
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Fórum GD Sudeste
Data: 06/03/2024
Local: São Paulo - SP
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Agenda Setorial
Data: 13/03/2024
Local: Hotel Windsor Barra - RJ
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.