Neoenergia inaugura subestação para fornecimento de energia em Pernambuco

Com investimento de R$ 50 milhões, unidade é a primeira das 13 subestações previstas pela distribuidora até 2028

A Neoenergia Pernambuco inaugurou, nesta sexta-feira, a primeira das 13 subestações previstas no plano de investimentos para os próximos cinco anos. A subestação Via Mangue, localizada em Recife, é a primeira do estado totalmente abrigada. Diferentemente dos empreendimentos convencionais, que possuem equipamentos instalados a céu aberto, nesta, todos os componentes ficam na área interna do prédio, com um moderno conceito arquitetônico. No total, foram investidos mais de R$ 50 milhões na nova subestação, considerada uma das mais tecnológicas do Brasil.

A solenidade de inauguração contou com a participação do diretor de Relações Institucionais e Governamentais da Neoenergia, João Paulo Rodrigues; do diretor-presidente da Neoenergia Pernambuco, Saulo Cabral; e da governadora Raquel Lyra.

A subestação Via Mangue vai promover um incremento de 30% na oferta de energia para dois bairros da capital, Pina e Boa Viagem. Serão mais 52 MVA (megavolt-ampère) de potência instalada na região, o suficiente para atender aproximadamente 260 mil pessoas, superior à população do Cabo de Santo Agostinho (PE). Toda a energia será distribuída por meio de 10 circuitos de média tensão. Atualmente, quatro circuitos estão em operação. Os outros seis serão entregues até o fim do ano.  

Por ser uma subestação totalmente abrigada, as saídas dos circuitos são subterrâneas, inclusive com embutimento de 350 metros de uma linha de transmissão que supre a unidade. No total, foram investidos R$ 11 milhões apenas no enterramento da rede de alta tensão. Para aumentar a qualidade, a confiabilidade e a continuidade no fornecimento de energia aos bairros atendidos pela SE Via Mangue, foram instalados cerca de 70 religadores. Os equipamentos têm a capacidade de reconfigurar automaticamente os circuitos em caso de interrupção de energia e restabelecer o fornecimento em até dois minutos.

“A subestação Via Mangue é um empreendimento que dialoga diretamente com o desenvolvimento da Zona Sul do Recife. Essa é uma região que cresce acima da média e, por isso, decidimos nos adiantar e oferecer toda a estrutura energética para assegurar a chegada de novos empreendimentos, sejam residenciais ou comerciais”, afirmou Saulo Cabral diretor-presidente da Neoenergia Pernambuco.

“O projeto dessa subestação traz à população dessa parte do Recife, mais energia elétrica, melhorando a qualidade de vida dos moradores. Aqui nós reforçamos o apoio irrestrito do governo do estado em ações como esta da Neoenergia para fazer o nosso estado voltar a ser protagonista no Nordeste e no Brasil, e o que é melhor, de forma sustentável e sem deixar ninguém para trás ”, afirmou Raquel Lyra, governadora de Pernambuco.  

Comparada ao modelo tradicional a céu aberto, a subestação Via Mangue ocupa uma área de 900m², tamanho 75% inferior ao necessário para a construção do empreendimento, com a mesma capacidade. Para garantir a segurança na área interna da SE, foi instalado o sistema GIS (Sistema Isolado de Gás), que permite o isolamento total dos equipamentos contra choque elétrico. Além disso, o prédio conta com um sistema inteligente contra incêndio.

Meio ambiente

A SE Via Mangue também possui um diferencial ambiental em relação às demais. Esta será a primeira a utilizar óleo vegetal em substituição ao óleo mineral como fluído isolante dos transformadores de grande porte. O óleo vegetal possui origem renovável, é biodegradável, e tem menor impacto ambiental de produção e de descarte em comparação com o mineral.

Outras subestações

A SE Via Mangue será a segunda entregue no estado este ano. Em fevereiro, a Neoenergia Pernambuco inaugurou a SE Araripina II, no sertão. Atualmente, existem mais três subestações em construção, sendo elas em Garanhuns (SE Mundaú), Petrolina (SE Petrolina III) e Paulista (SE Maria Farinha).

Até o fim de 2028, o plano de investimentos da Neoenergia Pernambuco prevê as entregas de 13 subestações, que promoverão um incremento energético de 10% em relação à rede de distribuição atual. A intenção é acompanhar o desenvolvimento econômico e social do estado.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No data was found

Próximo evento

Evento: ENASE
Data: 19/06/2024
Local: Hotel Windsor Oceânico - Rio de Janeiro (RJ)
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Fórum GD Nordeste
Data: 07/08/2024
Local: Recife - PE
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: CINASE
Data: 14/08/2024
Local: Centro de Convenções de Pernambuco - Olinda (PE)
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Fórum GD Norte
Data: 11/09/2024
Local: Manaus - AM
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.