MME: Atualização da situação das usinas no Rio Grande do Sul

Em virtude das chuvas intensas no estado do Rio Grande do Sul, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) informa que criou nesta quinta-feira (2/5) gabinete de crise sobre as graves ocorrências no Estado, como por exemplo, o rompimento de parte da estrutura da barragem da usina de geração de energia 14 de Julho, localizada na bacia do Rio Taquari-Antas, em Cotiporã/RS, que ocorreu na tarde de hoje.

A estrutura já estava submersa e ocorreu movimentação mais turbulenta da água, possivelmente pelo comprometimento da chamada ombreira direita, uma das laterais onde a barragem está apoiada. Importante destacar que a Agência se reuniu com o Governo do Estado, a defesa civil e as empresas de geração, distribuição e transmissão de energia elétrica afetadas pelo temporal nesta quinta-feira. Está prevista outra reunião, amanhã (3/5), entre a Agência e os agentes envolvidos.

Em razão dos eventos climáticos intensos, seguem a situação de algumas barragens em alerta.

Barragens em estado de atenção:Dona Francisca, Castro Alves e Monte Claro
Barragens em estado de emergência:14 de julho e Bugres

Dentre as medidas realizadas para atenuar a situação crítica na barragem Dona Francisca houve a troca de operadores, reestabelecimento do acesso terrestre e o recebimento de suprimento adicional de óleo diesel para suporte aos sistemas auxiliares. Já a barragem Castro Alves foi desligada do sistema e está sem acesso. A barragem 14 de julho também foi desligada do sistema e está sem acesso, com duas comportas parcialmente elevadas e o sistema de bombas de esgotamento inoperante.

Devido as inundações no RS, houve a necessidade de desligar a subestação Nova Santa Rita que deixou fora de operação importantes linhas de transmissão. Isso fragiliza a conexão entre os sistemas de transmissão e deixa os sistemas remanescentes sobrecarregados e mais suscetíveis a novas contingências que podem levar a cortes de cargas. Outras instalações importantes fora de operação são as linhas de transmissão Venâncio Aires/Cidade industrial e Lajeado 2/Lajeado 3 e a subestação Candelária.

Outro informe importante são as ocorrências na rede de distribuição de energia elétrica, conforme tabela abaixo.

RGE268 mil clientes interrompidos nesta quinta-feira (2/5) até às 10h, que equivale a 8,7% dos clientes da distribuidora;Aproximadamente 161 mil clientes interrompidos com impedimento de acesso.; 41 municípios estão com o fornecimento totalmente interrompido; Regiões mais afetadas: ​ Vale do Taquari: 109,6 mil​ Vale do Rio Pardo: 31,9 mil​ Vale dos Sinos: 40,1 mil Serra: 33,1 mil​ 
CEEE Equatorial54 mil clientes interrompidos nesta quinta-feira (2/5) até às 14h; A previsão é que as chuvas se intensifiquem ao longo do dia de hoje que podem levar a mais clientes interrompidos; As regiões mais afetadas são: ​ São Jerônimo, Camaquã, Guaíba, Viamão, Candiota, Terra de Areia, Dom Feliciano, Porto Alegre, São Lourenço do Sul e Torres Regiões com dificuldade de acesso:​ Região carbonífera, Metropolitana, Litoral Norte e Centro sul

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No data was found

Próximo evento

Evento: FEICON
Data: 02/04/2024
Local: São Paulo Expo
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: UTC América Latina
Data: 09/04/2024
Local: Windsor Barra Hotel, Rio de Janeiro (RJ
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Intersolar Summit Brasil Nordeste
Data: 10/04/2024
Local: Centro de Eventos do Ceará
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: T&D Energy 2024
Data: 17/04/2024
Local: Novotel Center Norte - São Paulo (SP)
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.