PortugueseEnglishSpanishGerman

Sistemas de distribuição de energias renováveis (eólica e solar) geram economia, melhoram armazenamento e contribuem para a preservação do meio ambiente

Alternativas que melhoram a saúde e o bem-estar das pessoas, as energias limpas e renováveis provenientes do vento (eólica) e do sol (solar) já são realidade e ganham cada vez mais espaço no país. Em março, só a energia solar chegou a 14 gigawatts de potência operacional, superando a produção da Usina de Itaipu, a maior hidrelétrica do país, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Nos últimos anos, novas tecnologias foram incorporadas, o que favorece um sistema de distribuição de energia limpa e renovável mais eficiente. “Usinas menores e descentralizadas podem funcionar como uma grande companhia se interligadas entre si. Isso faz com que pequenos sistemas possam se tornar economicamente viáveis”, afirma Cyro Boccuzzi, membro sênior do Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE), maior organização técnico-profissional do mundo dedicada ao avanço da tecnologia em benefício da humanidade, e sócio-diretor da consultoria ECOee.

Esses sistemas de distribuição promovem atendimento com maior confiabilidade às unidades consumidoras, aumentando a disponibilidade de energias nos usos finais, gerando alto grau de autonomia. “A realidade é que em poucos anos, um hospital vai poder montar sua própria estrutura energética, ganhando autonomia e sem precisar mais depender da energia vinda de grandes concessionárias, caso disponha de fontes de armazenamento ou de geração própria despachável, por exemplo a gás natural”, afirma.

Os sistemas de distribuição permitem ainda a integração de micro redes, com recursos de armazenamento, o que transforma em um serviço ainda mais confiável, reduzindo as perdas dos sistemas convencionais. “O excedente de energia pode ser capturado por baterias, para enfrentar a ausência de ventos ou de sol à noite”, afirma Boccuzzi.

As energias renováveis permitem globalmente menores níveis de poluição, o que é muito importante para a saúde e para a natureza, principalmente nos países que mais dependem de termoelétricas e energias não-renováveis. No Brasil, 70% de nossa energia já vem de fonte renovável das hidrelétricas, mas ainda utilizamos as termoelétricas – caras, não-renováveis e poluidoras do ambiente.

Seja membro do portal e acesse o conteúdo completo!

PLANO

Virtual Gratuito
R$ 0,00 00
  • Conteúdo Digital (restrito)

PLANO

Impresso + Virtual
R$ 275,00 por ano
  • Revista Impressa
  • Conteúdo Digital (100%)
Popular

PLANO

Virtual Ilimitado
R$ 11,90 por mês
  • Conteúdo Digital (100%)

Detalhes dos Planos

ACESSOS
VIRTUAL GRATUITO
VIRTUAL ILIMITADO
IMPRESSO + VIRTUAL ILIMITADO
Notícias do Setor
Guias Setoriais
Conteúdo Empresarial
Eventos do setor
Webinar
Vídeos
E-books
Artigos de opinião
Fascículos
Artigos técnicos
Colunistas
Revista O Setor Elétrico - Leitura e Download
Revista Impressa
No data was found

Próximo Evento

Evento: SBSE 2022
Data: 10/07/2022
Local: Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Maria
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: EXPOLUX 2022
Data: 02/08/2022
Local: Expo Center Norte
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: 15° Fórum GD Centro Oeste
Data: 10/08/2022
Local: Campo Grande - MS
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: 38° CINASE Salvador
Data: 10/08/2022
Local: Centro de Convenções Salvador
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.