Considerações sobre o subsistema de captação

A ABNT NBR 5419, no seu item 5.2.1, mostra que a probabilidade de penetração de um raio na estrutura quando há subsistema de captação é consideravelmente limitada em função das medidas de proteção instaladas nesse subsistema em função do nível de proteção adotado.

O subsistema de captação pode ser composto pelo uso individual ou combinado de elementos verticais (mastros, hastes, etc.), condutores suspensos formando catenária ou condutores em malha.

O posicionamento desses elementos deve seguir um dos métodos de cálculo (do ângulo de proteção, da esfera rolante ou das malhas) apresentados em 5.2.2, 5.2.3 e Anexo A da ABNT NBR 5419. Estes métodos tomam em seu cálculo e consideram apenas a parte física dos elementos.

Dessa forma, após a utilização do método do ângulo de proteção, do método da esfera rolante, do método das malhas, ou ainda de uma associação entre eles, inicia-se o posicionamento dos elementos captores nos cantos e na periferia superior da estrutura, terminando a distribuição pelo restante da cobertura de forma a manter toda a estrutura dentro do volume de proteção gerado.

Há ainda uma divisão de aplicação que a prática ensina, sendo que o posicionamento pelo método das malhas tende a ser menos custoso e de mais fácil instalação em estruturas horizontais e planas e o método da esfera rolante em estruturas cujas coberturas são irregulares. Já a utilização do método do ângulo de proteção aparece na proteção de pequenas estruturas (guaritas, antenas sobre prédios etc.).

São exigências da ABNT NBR 5419 a aplicação dos valores da tabela 6 da parte 3 quando a captação utilizar elementos não naturais e a aplicação das “três regras de ouro” (continuidade elétrica, fixação definitiva e dimensão dos materiais segundo tabela 3 da parte 3) quando a captação utilizar elementos naturais. Lembrando que elemento natural é definido como todo elemento existente na instalação que não tenha sido originalmente instalado como SPDA, mas que, por suas características, cumpra essa função.

Autor:

Por Jobson Modena, engenheiro eletricista, membro do Comitê Brasileiro de Eletricidade (Cobei), CB-3 da ABNT, onde participa atualmente como coordenador da comissão revisora da norma de proteção contra descargas atmosféricas (ABNT NBR 5419). É diretor da Guismo Engenharia | www.guismo.com.br

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No data was found

Próximo evento

Evento: ENASE
Data: 19/06/2024
Local: Hotel Windsor Oceânico - Rio de Janeiro (RJ)
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Fórum GD Nordeste
Data: 07/08/2024
Local: Recife - PE
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: CINASE
Data: 14/08/2024
Local: Centro de Convenções de Pernambuco - Olinda (PE)
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Fórum GD Norte
Data: 11/09/2024
Local: Manaus - AM
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.