PortugueseEnglishSpanishGerman

Balanço sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas: panorama e retrospectiva “Ex” 2021

Ao longo do ano de 2021 foram realizados no Brasil e em diversos outros países do mundo muitas ações envolvendo o setor de equipamentos e instalações elétricas e mecânicas em áreas classificadas, sob o ponto de vista de segurança durante o ciclo total de vida deste tipo de instalações industriais “Ex”. 

Em função do atual cenário de pandemia e às restrições de eventos, reuniões, auditorias, inspeções e outras atividades presenciais, houve um grande desenvolvimento das atividades remotas, quase que diariamente, como reuniões, seminários, workshops, fóruns, palestras, entrevistas, podcasts e treinamentos “on-line”, fazendo com que fossem devidamente continuadas e concluídas uma grande quantidade de ações e de atividades nas áreas de segurança de equipamentos e instalações em atmosferas explosivas.

São relacionadas a seguir algumas das ações mais significativas “Ex” ocorridas em 2021.


1. Atualização de normas técnicas internacionais do TC-31 da IEC sobre de equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas

No âmbito internacional, foram elaboradas, revisadas ou atualizadas em 2020 pelo TC-31 (Equipment for explosive atmospheres), com a participação dos 49 países representados, incluindo o Brasil, foram publicadas as seguintes normas internacionais sobre atmosferas explosivas:

  • IEC 60079-10-1: Atmosferas explosivas – Parte 10-1: Classificação de áreas – Atmosferas explosivas de gases inflamáveis (Edição 3.0)
  • IEC 60079-25: Atmosferas explosivas – Parte 25: Sistemas elétricos intrinsecamente seguros (Edição 3.0). 
  • IEC 60079-26: Atmosferas explosivas – Parte 26: Equipamentos com elementos de separação ou níveis de proteção de equipamentos combinados (Edição 4.0)
  • IEC TS 60079-47: Atmosferas explosivas – Parte 47: Ethernet intrinsecamente segura a dois fios – (2-WISE – Two-Wires Intrinsically-safe ethernet) (INÉDITA)
  1. Atualização de normas técnicas brasileiras sobre de atmosferas explosivas

No âmbito nacional do Cobei e da ABNT, as seis Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 (Atmosferas explosivas) da ABNT/CB-003 (Eletricidade) trabalharam para a elaboração e atualização das respectivas normas técnicas brasileiras das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO 80079, de forma a manter a devida equivalência com as atuais edições das normas internacionais. Foram realizadas por estas seis Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 da ABNT/CB-003 cerca de 30 reuniões remotas ao longo do ano de 2021.

Foram publicadas pela ABNT ao longo de 2021, novas atualizações ou lançamentos inéditos das seguintes Normas ou Especificações Técnicas Brasileiras sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas, sem desvios técnicos em relação às respectivas normas técnicas internacionais da IEC:

  • ABNT NBR IEC 60079-6: Atmosferas explosivas – Parte 6: Proteção de equipamento por imersão em líquido “o” (Emenda)
  • ABNT NBR IEC 60079-25: Atmosferas explosivas – Parte 25: Sistemas elétricos intrinsecamente seguros (Atualização)
  • ABNT NBR IEC 60079-28: Atmosferas explosivas – Parte 28: Proteção de equipamentos e de sistemas de transmissão que utilizam radiação óptica (Emenda)
  • ABNT IEC TS 60079-42: Atmosferas explosivas – Parte 42: Dispositivos elétricos de segurança para o controle de fontes potenciais de ignição de equipamentos “Ex” (INÉDITA)
  • ABNT IEC TS 60079-43: Atmosferas explosivas – Parte 43: Equipamentos em condições adversas de serviços (INÉDITA)
  • ABNT IEC TS 60079-47: Atmosferas explosivas – Parte 47: Proteção de equipamentos pelo conceito da Ethernet intrinsecamente segura a dois fios (2-WISE) (INÉDITA)
  1. Centésima norma técnica brasileira “Ex” adotada publicada pela ABNT

A ABNT atingiu, em 2021, o significativo marco de publicação ou atualização de 100 normas técnicas brasileiras adotadas sobre o tema “atmosferas explosivas”.

As normas técnicas brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 (atmosferas explosivas) e ABNT NBR ISO 80079 (equipamentos mecânicos “Ex”), idênticas às respectivas normas técnicas internacionais, vêm sendo publicadas ou atualizadas desde 2005, quando foi publicada pela ABNT a primeira norma técnica brasileira adotada da Série ABNT NBR IEC 60079.

As Normas Brasileiras sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas relacionadas com o segmento “Ex” vêm sendo publicadas no Brasil desde o final dos anos 1960. O início da elaboração de Normas Técnicas brasileiras da ABNT sobre atmosferas explosivas ocorreu em 1968, com a publicação do Projeto de Norma “experimental” P-EB-239 – Equipamentos com invólucros à prova de explosão. Em 1969 foi publicada pela ABNT o projeto de Norma “experimental” P NB-158 – Instalações Elétricas em Ambientes com Líquidos, Gases ou Vapores Inflamáveis

Ao longo das décadas de 1970 a 1990 foram publicadas outras normas brasileiras sobre o tema “Ex”, porém sem representar uma devida harmonização, equivalência ou adoção das respectivas normas técnicas internacionais, o que somente veio a ocorrer ao longo da primeira década dos anos 2000.

Todas as Normas Técnicas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO 80079 são elaboradas ou atualizadas pelas seis Comissões de Estudo que compõe o Subcomitê SCB 003.031 (Atmosferas explosivas) da ABNT/CB/003 (Eletricidade)

Os profissionais brasileiros participantes destas Comissões de Estudo se reúnem continuamente para analisar os documentos técnicos recebidos do TC 31 (Equipment for explosive atmospheres) da IEC e para contribuir com comentários elaborados com base em experiências existentes em empresas, entidades ou associações brasileiras, para o aperfeiçoamento das normas técnicas internacionais, com base em comentários enviados para a IEC em nome do Comitê Brasileiro para a IEC – Cobei (Brazilian National Committee of the IEC).

Fazem parte destas seis Comissões de Estudo dezenas de profissionais brasileiros envolvidos em equipamentos e instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas, representantes de diversas Empresas, Entidades, Associações e Organismos. 

Pode ser citada a grande participação nas contínuas reuniões destas Comissões de Estudo, de representantes de Fabricantes de equipamentos elétricos, eletrônicos, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicos “Ex”, bem como de Empresas usuárias de serviços, instalações e equipamentos “Ex” das áreas de Petróleo & Gás, química, petroquímica, armazenamento de grãos, sucroalcooleira, de alimentos e portuária.

Participam também destas reuniões representantes de Empresas de serviços de projeto “Ex”, Empresas de serviços de montagem “Ex”, Empresas de serviços de manutenção “Ex”, Empresas de serviços de inspeção “Ex”, Empresas de serviços de reparo, revisão e recuperação de equipamentos “Ex”, Empresas de serviços de classificação de áreas.

Pode ser citada também a efetiva participação de representantes de Organismos de Certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, Organismos de Certificação de Empresas de Serviços “Ex”, Organismos de Certificação de Competências Pessoais “Ex”, Laboratórios de ensaios de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, além de Provedores de Treinamento “Ex”, Empresas de Consultoria, Órgãos de Classe e Associações envolvidas com o tema “equipamentos e instalações em atmosferas explosivas”.

As Norma adotadas no Brasil das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079 (Equipamentos mecânicos “Ex”) são idênticas em conteúdo técnico, estrutura e redação e sem desvios técnicos nacionais em relação às respectivas normas internacionais da IEC, elaboradas pelo TC-31 da IEC, de acordo com a ABNT Diretiva 3 – Adoção de documentos técnicos internacionais. O Brasil é um membro participante do TC 31 da IEC, com direitos e deveres de apresentar comentários para a melhorias das normas e participar do processo de revisão, atualização, votação e aprovação.

4. Norma Técnica brasileira adotada sobre ethernet intrinsecamente segura a dois fios: 2 WISE

Foi publicada pela ABNT em 29/07/2021, na forma inicial de uma especificação técnica, a ABNT IEC TS 60079-47 – Ethernet intrinsicamente segura a dois fios (2-WISE – Two-Wires Intrinsically-safe ethernet).

Esta norma nacional especifica os requisitos para a fabricação, marcação e documentação e instalação de equipamentos e sistemas com a utilização do conceito 2-WISE, tendo como base o padrão de Ethernet a dois fios 10BASE-T1L, de acordo com a Norma IEEE 802.cg – IEEE Standard for Ethernet – Physical Layer Specifications and Management Parameters for 10 Mb/s Operation and Associated Power Delivery over a Single Balanced Pair of Conductors (2020).

O padrão 2-WISE é um conceito de redes ethernet intrinsecamente seguras a dois fios, que opera com o padrão APL (Advanced Physical Layer), projetado para “simplificar” o processo de avaliação dos parâmetros de entidade de segurança intrínseca dos equipamentos e redes de dispositivos “Ex” de campo, com segmentos (spur) ou troncos (trunk) das redes com este padrão. Esta “simplificação” é obtida por meio da definição de limites para os parâmetros universais de segurança intrínseca para as portas de comunicação APL de sensores, atuadores, switches ópticos e demais equipamentos “Ex” de campo, de acordo com a classificação de área no local da instalação (Zona 0, 1, 2, 20, 21 ou 22). 

A ABNT IEC TS 60079-47 apresenta listagens simples de especificação de conjunto de parâmetros “universais” a serem aplicados de forma padronizada para todos os componentes da rede, para a configuração das portas dos dispositivos “Ex” conectados aos segmentos e troncos 2-WISE.

Os sistemas 2-WISE operam no padrão Ethernet, a 10 Mb/s no modo full duplex, o que representa velocidades de comunicação da ordem de 600 a 3.000 vezes mais rápida que os padrões “atuais” ou “tradicionais” 4 a 20 mA HART ou FISCO (Fieldbus intrinsecamente seguro). A aplicação de sistemas 2-WISE pode ser considerada uma “revolução” em termos de redes de comunicação de campo (nível 0), representando, de fato, a chegada das redes ethernet às instalações industriais de controle de processo, permitindo que cada elemento de campo possua um endereço IP e esteja totalmente integrado à automação da planta, incluindo as áreas de OT (Tecnologia de Operação) e IT (Tecnologia da Informação), permitindo uma total integração dos sistemas de supervisão e controle, desde o chão da fábrica “Ex” até a gestão de ativos, engenharia e manutenção na “nuvem”.

5. Reuniões plenárias do IECEx em 2021 (on-line)

Entre os dias 30/08 e 03/09/2021 foram realizadas as reuniões “plenárias” do IECEx – Sistemas Internacionais de Certificação da IEC para o ciclo total de vida das instalações elétricas e mecânicas atmosferas explosivas. Em 2021 estas reuniões foram realizadas de forma remota (“on-line”) em função das restrições de viagens e reuniões presenciais devido ao cenário de pandemia. 

As reuniões remotas se mostraram bastante produtivas, tendo sido discutidos e consensuados todos os assuntos previstos nas pautas das reuniões. Foi discutida a possibilidade de as próximas reuniões também serem realizadas de forma remota, por questões de redução de custos de viagens e deslocamentos e da possibilidade de participação de uma maior quantidade de especialistas. Foram discutidas nessas reuniões, dentre outros assuntos, as ações para a atualização e o aperfeiçoamento dos sistemas internacionais sobre certificação de empresas de serviços “Ex”, de competências pessoais em atmosferas explosivas e de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”. 

Até 30/06/2021, data da realização da reunião plenária do IECEx, existiam 121.837 certificados e relatórios do IECEx emitidos dentre os esquemas de certificação (competências pessoais “Ex”, empresas de serviços “Ex” e equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”). Comparados com os 108.969 documentos que haviam sido emitidos no mesmo período do ano anterior (30/06/2020), pode ser verificado um significativo crescimento geral de 11.8 % de emissão de documentos no Sistema IECEx ao longo deste ano.


Evolução de emissão de certificados de conformidade e de relatórios “Ex” no IECEx

Estas reuniões contaram com a presença de centenas de especialistas em atmosferas explosivas, representantes dos 36 países integrantes do IECEx, incluindo a Delegação Brasileira composta por membros do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI. 

Estiveram presentes na delegação brasileira nestas reuniões do IECEx nove representantes de Organismos de Certificação de Competências Pessoais “Ex”, Organismos de Certificação de Empresas de Serviços “Ex”, Organismos de Certificação de Equipamentos “Ex”, Fabricante de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” e Consultores brasileiros. 

Um arquivo contendo “Notas de Reunião” com um resumo dos principais assuntos e pontos de destaque que foram discutidos durante as reuniões plenárias do IECEx em 2021 está disponível em: https://drive.google.com/file/d/1gDiQLwRi8MG3Bi54qbQhIs-zx8wOfOLV/view?usp=sharing

6. Reuniões plenárias do TC-31 da IEC em 2021

O TC-31 é atualmente composto por um total de 53 países, sendo 42 países membros do tipo “P” – “Participante” (com direito a voto) e 11 países membros do tipo “O” – “Observador”. O Brasil ocupa a posição de membro do tipo “P” neste Comitê Técnico, com deveres e direitos de participar da elaboração e da atualização da normalização técnica internacional nesta área da tecnologia “Ex”.

Foram realizadas de forma “on-line” entre os dias 05 e 07/10/2021 reuniões Plenárias, para discussão geral do andamento das Normas das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079 e ações a serem tomadas para o desenvolvimento dos trabalhos em andamento por parte dos respectivos Grupos de Trabalho (Maintenance Teams) e Subcomitês.

Estiveram presentes nestas reuniões “on-line” cerca de 80 delegados, representantes dos Comitês Nacionais de Normalização dos seguintes 26 países: África do Sul, Alemanha, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, Croácia, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Índia, Irã, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, Holanda, Noruega, República Checa, Rússia, Suécia, Suíça e Reino Unido.

Um relatório contendo um resumo dos principais assuntos e pontos de destaque que foram discutidos durante as reuniões plenárias do TC-31 da IEC em 2021, está disponível em: https://drive.google.com/file/d/1DLdQomJtFm-basbH4LfSR3dLC_Fo7WEf/view?usp=sharing

7. Publicação de Folhetos atualizados sobre os sistemas de certificação do IECEx

O sistema IECEx é formado por 36 países, sendo que o Brasil é um país membro desde 2009. Este sistema é utilizado por mais de 4.500 fabricantes de equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação e de telecomunicações “Ex”, localizados em 50 países. Fazem parte do IECEx mais de 100 Organismos de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, de empresas de serviços “Ex” e de competências pessoais “Ex”.

Foram emitidas em 07/2021 versões atualizadas de “Folhetos” dos sistemas de certificação do IECEx, contendo informações resumidas sobre seus principais objetivos e formas de operação. Foram publicados Folhetos específicos sobre o esquema de certificação de EMPRESAS DE SERVIÇOS “Ex” e certificação de COMPETÊNCIAS PESSOAIS “Ex”.

Os três Folhetos do Sistema IECEx e para certificação de Empresas de Serviços “Ex” e de Competências Pessoais, traduzidos pelo SC IECEx BR do Cobei, estão disponíveis para download de forma pública, diretamente na página da IEC:

Folheto informativo sobre o Sistema IECEx (Geral)

https://www.iec.ch/basecamp/iecex-system

Folheto informativo sobre o esquema de certificação de empresas de serviços “Ex” do IECEx

https://www.iec.ch/basecamp/iecex-certified-service-facilities-scheme

Folheto informativo sobre o esquema de certificação de competências pessoais “Ex” do IECEx https://www.iec.ch/basecamp/iecex-scheme-certification-personnel-competence


8. Principais atividades do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei

São resumidas a seguir algumas das principais atividades do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei ao longo de 2021:

  • Realização do 5º Encontro do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei, sob o tema “A relevância do sistema IECEx para a indústria nacional – Fabricantes e usuários”, o qual contou com a participação de cerca de 100 profissionais
  • Publicação de artigos técnicos por parte de membros do Subcomitê em revistas especializadas, abordando aspectos dos benefícios dos esquemas de certificação do IECEx, sob os pontos de vista dos fabricantes, usuários finais, organismos de certificação, laboratórios de ensaios as entidades regulamentadoras
  • Participação de membros deste Subcomitê nos trabalhos de revisão editorial dos Requisitos de Avaliação da Conformidade para certificação de equipamentos “Ex”, a ser publicado pelo Inmetro, de forma a alinhar com os novos “Requisitos Geral de Certificação de Produtos
  • Mais de dez documentos do IECEx foram transcritos para o português e publicados diretamente no website do IECEx para acesso público, de forma a facilitar o conhecimento e aplicação no Brasil dos esquemas internacionais de avaliação da conformidade “Ex” e de certificação elaborados pelo IECEx
  • Tradução para o português da Edição 2.0, ampliada e atualizada do “Marco Regulatório Comum para equipamentos utilizados em ambiente com atmosferas explosivas”, elaborado em nome das Nações Unidas
  • Participação na reunião conjunta dos Comitês Nacionais para o IECEx dos Estados Unidos, Canadá e Brasil, organizada pelo Comitê Nacional dos Estados Unidos (USNC)
  • Reuniões mensais para análise, comentários, aprovação de novos documentos elaborados de comum acordo entre os países participantes do IECEx. Desde 2008, ano de fundação do SC IECEx BR do Cobei, foram realizadas mais de 140 reuniões, tanto presenciais como remotas
  • Execução de novos Folhetos em português, versão 2021, contendo informações essenciais sobre os principais objetivos e forma de trabalho do Sistema IECEx e dos esquemas de certificação de empresas de serviços “Ex”, certificação de competências pessoais “Ex” e certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”
  • Participação na elaboração das legendas em português para o vídeo informativo elaborado pelo IECEx sobre os principais objetivos e formas de trabalho do Esquema de Certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” https://vimeo.com/529564043


    9. Quinto encontro sobre atmosferas explosivas do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei

O 5º Encontro “Ex” do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei foi realizado no dia 18/08/2021 com apresentações “on-line” sobre o tema “A relevância do sistema IECEx para a indústria nacional – Fabricantes e usuários”. 

As apresentações foram elaboradas sob os diversos pontos de vista de empresa usuária de equipamentos e instalações elétricas e mecânicas “Ex”, de Organismos de Certificação de equipamentos e de serviços “Ex”, fabricantes nacionais e estrangeiros de equipamentos “Ex” e laboratório nacional de ensaios de equipamentos “Ex”. Foram apresentadas as seguintes palestras: 

  • Palestra 1: A indevida “normalização” dos desvios “Ex” e a importância da avaliação da conformidade de empresas de serviços “Ex” e de competências pessoais “Ex”
  • Palestra 2: O Sistema IECEx e as exportações da indústria brasileira
  • Palestra 3: A evolução da certificação de Competências Pessoais “Ex” do Sistema IECEx no Brasil
  • Palestra 4: A evolução da certificação das Empresas de Serviços “Ex” do Sistema IECEx no Brasil
  • Palestra 5: Requisitos para avaliação da conformidade em equipamentos elétricos para atmosferas explosivas e a possibilidade de análise de Relatórios de Ensaios ExTR/IECEx para a emissão de certificados de conformidade “Ex” nacionais – Sistemática de Fast-Track
  • Palestra 6: Realização de ensaios de equipamentos “Ex” no Brasil pelo Techmultlab para o Sistema IECEx
  • Mesa redonda para esclarecimentos gerais de dúvidas sobre o tema “A relevância do Sistema IECEx para a indústria nacional – Fabricantes e usuários

Um dos principais objetivos destes Encontros Anuais “Ex” do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei é o de proporcionar ao público interessado uma oportunidade de atualização sobre o tema “Ex”, obtendo informações atualizadas sobre o panorama geral das instalações envolvendo atmosferas explosivas e sobre os benefícios e necessidades de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, certificação de empresas de serviços “Ex” e certificação de competências pessoais para a execução ou supervisão de atividades “Ex”, sob o ponto de vista do ciclo total de vida das instalações contendo atmosferas explosivas. 

Os arquivos das apresentações que fizeram parte deste Encontro do SC IECEx BR estão disponíveis para acesso público diretamente na página do Cobei: http://cobei.org.br/noticias/a-relevancia-do-sistema-iecex-para-a-industria-nacional/

10. Sexto encontro sobre atmosferas explosivas da Abendi

O 6º Encontro Atmosferas Explosivas Abendi realizado nos dias 15 e 16/09/2021. Este Encontro “Ex”, 100 % na forma digital, contou com a presença de cerca de 100 profissionais envolvidos com o tema “Ex”.

Dentre os principais temas de destaque que são abordados a cada edição destes Encontros “Ex” da Abendi podem ser citados:

  • O sistema de certificação de equipamentos mecânicos “Ex”
  • Apresentação das características e objetivos gerais dos sistemas de certificação “Ex”
  • O apoio das Nações Unidas para a convergência regulatória mundial “Ex” com base nos sistemas de certificação do IECEx para o ciclo total de vida das instalações “Ex”
  • Requisitos de certificação “Ex” para o Ciclo Total de Vida das Instalações contendo Atmosferas Explosivas
  • Experiências em Certificação de Competências Pessoais “Ex”
  • Experiências em Certificação de Oficinas de Serviços de Reparo “Ex”
  • Experiências em Certificação de Equipamentos “Ex” nacionais no sistema IECEx
  • Experiências de Provedores de Treinamentos “Ex” reconhecidos no Brasil
  • Panorama geral dos tipos de proteção “Ex” e os aspectos dos de montagem e de manutenção
  • A necessidade das empresas usuárias de equipamentos e instalações “Ex” na contratação de empresas de prestação de serviços “Ex” competentes e certificados
  • A necessidade das empresas com instalações em atmosferas explosivas de certificação de pessoal em atmosferas explosivas
  • Requisitos de montagem e de inspeção de instalações elétricas e de instrumentação em áreas classificadas

http://abendicertificadora.org.br/atmosferas_explosivas/index.html

Programação do 6º Encontro  “Ex” da Abendi, incluindo apresentações e mesas redondas com os palestrantes:

  • Apresentação do Patrocinador do Encontro “Ex”
  • A indevida normalização dos desvios “Ex”: Quando o errado parece certo. Como evitar?
  • Contratação de empresa certificada de inspeção de equipamentos e instalações “Ex” para inspeções offshore
  • Serviços de inspeções de equipamentos e instalações “Ex” por empresa certificada pela Norma ABNT NBR IEC 60079-17
  • Empresa de reparo de equipamentos “Ex” certificada pela norma ABNT NBR IEC 60079-19
  • Requisitos de projeto, seleção de equipamentos e montagem de circuitos intrinsecamente seguros em áreas classificadas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis
  • Inspeção de instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas de FPSO
  • Mesas Redondas com os palestrantes de cada um dos dois dias de apresentação


    11. Sistema de certificação de competências “Ex” do IECEx atinge 4.300 certificados de conformidade emitidos

O Sistema internacional de certificação de conformidade de competências pessoais “Ex” do IECEx, lançado em 2010, atingiu em 12/2021 o total de mais 4.380 certificados emitidos para profissionais de 46 países do mundo. 

Este total inclui 55 certificados conquistados por profissionais brasileiros, emitidos por Organismo de Certificação brasileiro aprovado internacionalmente no Sistema IECEx para o esquema de certificação de competências pessoais “Ex”, abrangendo as Unidades de Competências Ex 001, Ex 003, Ex 004, Ex 007 e Ex 008.

Uma “cartilha” contendo o “passo a passo” para a obtenção de certificação de competências pessoais “Ex” é apresentada na Guia IECEx 05 A: Orientações e instruções para inscrição para obter um Certificado de Competências Pessoais “Ex”.

http://www.iecex.com/assets/Uploads/IECEx-Guide-05A-Ed2.1-pt-rev-3.pdf

Todos os certificados de conformidade de competências pessoais, para as 11 unidades de competências pessoais “Ex” (Ex 000 a Ex 010) estão disponíveis para acesso público, na íntegra, no sistema de certificação “on-line” do IECEx:

https://www.iecex-certs.com/#/home


12. Novos certificados de conformidade internacionais para equipamentos MECÂNICOS “Ex” emitidos no IECEx

Foram emitidos desde 2018 até 12/2021 mais de 460 certificados internacionais IECEx para equipamentos mecânicos “Ex”, destinados para instalação em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou de poeiras combustíveis, de acordo com as Normas internacionais ISO 80079-36 e ISO 80079-37. 

Podem ser citados como exemplos de equipamentos mecânicos com certificação “Ex”, compressores de engrenagens, agitadores ou misturadores para tanques, medidores do tipo turbina, rotativos ou flutuantes, bombas dosadoras, bombas submergíveis, ventiladores axiais ou centrífugos, skid para medição de gás, acoplamentos rotativos, sistemas fixos ou portáteis de ar condicionado, atuadores mecânicos para válvulas de controle, sistemas de “festoon” para suportação mecânica cabos de pontes rolantes, aspiradores pneumáticos de material particulado, sistemas de enrolamento de “risers” umbilicais para FPSO e resfriadores do tipo “vortex”. 

Os certificados internacionais para equipamentos mecânicos “Ex” encontram-se disponíveis para acesso público, na íntegra, no sistema no sistema “on-line” de certificação do IECEx e podem ser encontrados com a pesquisa pelas Normas “ISO 80079-36” ou “ISO 80079-37”. https://www.iecex-certs.com


13. Novos certificados internacionais de competências pessoais IECEx obtidos por profissionais brasileiros emitidos por Organismo de Certificação “Ex” brasileiro

Foram emitidos até 12/2021 um total de 55 certificados internacionais de conformidade de competências pessoais “Ex” para profissionais brasileiros. Estes certificados foram emitidos por Organismo brasileiro de certificação de pessoas reconhecido pelo IECEx, após a realização de exames teóricos e práticos sobre as unidades de certificação “Ex” avaliadas nos processos de certificação “Ex” e incluem em seu escopo as Unidades de Competências pessoais:

  • Ex 001 – Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas
  • Ex 003 – Montagem de equipamentos e instalações “Ex”
  • Ex 004 – Manutenção de equipamentos e instalações “Ex”
  • Ex 007 – Inspeções visuais e apuradas em atmosferas explosivas
  • Ex 008 – Inspeções detalhadas em atmosferas explosivas

Estas Unidades de Competências pessoais “Ex” estão associadas com serviços a serem executados ou supervisionados por profissionais com base nos requisitos indicados na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-14 (Serviços de montagem de instalações “Ex”) e com base na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-17 (Serviços de inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex”).

Pode ser verificado no presente momento, no mercado de trabalho nacional, uma crescente “oferta” de inspetores “Ex” certificados no Brasil, a qual tem como base uma crescente “demanda” por inspetores “Ex” certificados, os quais são requeridos de forma CONTRATUAL por empresas brasileiras da indústria do petróleo e petroquímico, bem como por empresas que prestam estes serviços, como empresas brasileiras de engenharia, empresas de inspeção e estaleiros de fabricação de FPSO.

Este ciclo “virtuoso” de certificação de competências pessoais “Ex”, já utilizado por diversas empresas do Brasil e do mundo, apresenta como um dos seus objetivos a devida “confiança” na contratação de profissionais que tenham sido avaliados em suas competências pessoais e sejam periodicamente acompanhados por Organismos de Certificação de Pessoas, no sentido de avaliar a continuidade e atualidade das competências e conhecimentos dos profissionais com certificação “Ex”.


14. Novos certificados internacionais IECEx obtidos por fabricantes brasileiros de equipamentos “Ex”

De acordo com o sistema de certificação “on-line” do IECEx, até 12/2021 haviam sido obtidos por fabricantes brasileiros um total de 302 Certificados de Conformidade (ExCoC) para equipamentos e componentes “Ex”, 145 Relatórios de Ensaios (ExTR) e 135 Relatórios de Avaliação do Sistema de Gestão da Qualidade (ExQAR). 

Estes totais de documentos não incluem os certificados de conformidade ou relatórios de ensaios IECEx obtidos por fabricantes brasileiros especificamente para suas fábricas localizadas em outros países, como na Índia ou na China.

Todos os Certificados de Conformidade (ExCoC), Relatórios de Ensaios (ExTR) e Relatórios de Avaliação do Sistema de Gestão da Qualidade (ExQAR) emitidos no âmbito do IECEx estão disponíveis para acesso público em: https://www.iecex-certs.com


15. Primeira empresa brasileira de serviços de inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex” certificada no Brasil

Foi certificada em 10/06/2021 a primeira Empresa brasileira de Serviços de inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex”, de acordo com os requisitos da Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-17 – Atmosferas explosivas – Parte 17: inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex”. 

Esta certificação nacional, INÉDITA na história brasileira sobre o tema “segurança dos equipamentos e instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas” foi conquistada pela Empresa de serviços “Ex” Ideal Work Consultoria e Projetos Ltda, com sede na cidade de Macaé/RJ.

O escopo desta certificação PIONEIRA no Brasil envolve serviços de inspeção (visual, apurada ou detalhada) e manutenção de instalações e equipamentos com tipo de proteção por invólucro à prova de explosão (Ex “d”), segurança aumentada (Ex ”e”), segurança intrínseca (Ex “i”) , encapsulamento (Ex “m”), não acendível (Ex “n”), imersão em líquido (Ex “o”), equipamentos e sistemas de transmissão que utilizam a radiação óptica (Ex “op”), invólucros pressurizados (Ex “p”), imersão em areia (Ex “q”), proteção especial (Ex “s”) e proteção contra ignição de poeira combustíveis por invólucro (Ex “t”). 

Os equipamentos “Ex” incluídos no escopo desta certificação incluem equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação e de telecomunicações, certificados para instalação em áreas classificadas contendo gases inflamáveis (Grupo II) ou poeiras combustíveis (Grupo III).

Esta certificação de serviços de reparo inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex”, foi realizada pela DNV – Det Norske Veritas, que é um Organismo de Certificação “Ex” reconhecido, envolvendo o tema certificação de Competências pessoais “Ex”, Empresas de Serviços “Ex” e Competências Pessoais para Atmosferas Explosivas.

As instalações elétricas, de instrumentação, de automação de telecomunicações em áreas classificadas possuem características “específicas” de projeto, a fim de torná-las adequadas para atmosferas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis. É essencial, por razões de segurança, durante o ciclo total de vida destas instalações, que a integridade destas características “específicas” e dos tipos de proteção “Ex” dos equipamentos, seja preservada. As atividades de inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex” podem ser consideradas o “coração” de todo processo de gestão de segurança, de ativos “Ex”, de processos e de pessoas, relacionados com o tema “segurança dos equipamentos e das instalações em atmosferas explosivas”.

As etapas de inspeção e manutenção das instalações “Ex” podem ser consideradas um dos elos mais importantes na corrente de ações de segurança que englobam as instalações “Ex”, desde as etapas iniciais de projeto e de seleção dos equipamentos, até os serviços de montagem, passando pelo processo da certificação de conformidade dos equipamentos, empresas de serviços de reparo e recuperação de equipamentos “Ex”, e de competências pessoais “Ex”. 

As atividades de inspeções das instalações em atmosferas explosivas fazem com que os eventuais “desvios” ou “não conformidades” encontradas que forem detectadas possam ser prontamente tratadas e corrigidas, de forma a assegurar que os equipamentos “Ex” continuem apresentando suas funções e tipos de proteção para os quais foram originalmente fabricados e certificados.

Sob o ponto de vista de segurança das instalações industriais “Ex” e das pessoas que nelas trabalham, bem como da preservação da vida e do meio ambiente, ao longo do ciclo total de vida das instalações “Ex”, a Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-17 pode ser considerada, como sendo uma das Normas “Ex” mais importantes. Isto se deve ao fato de que a aplicação adequada e periódica desta norma, assegurar que as instalações industriais em atmosferas explosivas estejam continuamente de acordo com os requisitos de proteção proporcionados pelos equipamentos “Ex”, bem como estejam adequados aos agentes agressivos presentes no ambiente industrial, como poeira, sujeira, salinidade, ataques químicos corrosivos, bem como aos agentes agressivos para as instalações marítimas (como ventos, umidade, salinidade, água do mar, corrosão galvânica e corrosão atmosférica).

É necessário manter uma rigorosa rotina periódica de inspeções “Ex”, com base em procedimentos normalizados, durante toda a vida útil das instalações. As inspeções periódicas visam detectar não conformidades e modificações de campo não autorizadas, de forma que estes “desvios” ou “incorreções” sejam corrigidos, mantendo as instalações “Ex” adequadas de acordo com os requisitos das Normas da Série ABNT NBR IEC 60079, bem como seguras e de acordo com os requisitos legais aplicáveis.

Em função da elevada quantidade de “desvios” que são frequentemente encontrados nas inspeções práticas de campo dos equipamentos e das instalações elétricas, de instrumentação, de automação e de telecomunicações em áreas classificadas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis, pode ser verificado que somente a avaliação da conformidade por meio da certificação dos equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” tem se mostrado insuficiente para garantir a segurança das instalações em atmosferas explosivas e das pessoas que nelas trabalham.

Isto se deve ao fato de que a segurança em áreas classificadas fica comprometida sempre que os equipamentos “Ex” não são devidamente especificados, instalados, inspecionados, mantidos ou reparados, durante todo o período em que permanecem instalados em atmosferas explosivas, ao longo do ciclo total de vida destes equipamentos e instalações, podendo representar fontes de ignição no caso da presença de atmosferas explosivas.

Desta forma, existe também a necessidade de que as Empresas de Serviços “Ex” evidenciem, por meio de avaliação da conformidade, pela sistemática de certificação, as devidas competências e sistemas de gestão da qualidade para o atendimento dos requisitos normativos aplicáveis das Normas Técnicas Brasileiras adotadas idênticas da Série ABNT NBR IEC 60079 (Atmosferas explosivas), para a execução dos respectivos serviços sobre equipamentos e instalações “Ex”.

A partir da existência no mercado de Empresas de Serviços “Ex” certificadas, as empresas contratantes destes serviços passam a dispor de empresas com este significativo diferencial técnico e da necessária confiança, com base em avaliação e certificação da conformidade. 

Pode ser atualmente verificado que muitos contratos de serviços “Ex”, colocados no mercado por Empresas das indústrias de Óleo & Gás e Petroquímica têm exigido a certificação de competências pessoais “Ex” de executantes e supervisores e de Empresas de Serviços “Ex”, como forma de obter a devida confiança de que os serviços sejam realizados de forma adequada, atendendo aos requisitos normativos especificados nas Normas da Série ABNT NBR IEC 60079. 

De forma similar como ocorreu de forma INÉDITA em 2010 no Brasil com o início das Certificações de Empresas de Serviços de reparo e recuperação de equipamentos “Ex”, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-19, esta certificação PIONEIRA de Empresa de Serviços de Inspeção e manutenção “Ex” representa um significativo marco na história brasileira para a elevação dos níveis de segurança e de conformidade normativa e regulatória sobre equipamentos e instalações em áreas classificadas. 


16. Novas empresas de serviços de reparo, revisão e recuperação de equipamentos “Ex” certificadas no Brasil

Foram certificadas no Brasil, por Organismos de Certificação brasileiros que atuam na área sobre “atmosferas explosivas”, quatro novas empresas brasileiras de serviços de reparo e recuperação de equipamentos “Ex”, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-19. 

Existem no Brasil, até o presente momento, mais de 90 empresas de serviços de reparo “Ex” certificadas, localizadas em 14 estados (AL, BA, CE, ES, GO, MG, MS, MT, PE, PR, RJ, RS, SC e SP), envolvendo equipamentos “Ex” de diversos tipos, como aquecedores elétricos, motores elétricos de alta e baixa tensão, invólucros de painéis elétricos, caixas de terminais, luminárias, projetores portáteis, lanternas, sistemas de intercomunicação industrial, equipamentos e sistemas de CFTV, cabeçotes de impressão, servomotores, rádios transceptores e motobombas submersíveis “Ex”: 

17. Lançamento do Guia Abracopel sobre segurança em equipamentos e instalações elétricas para áreas classificadas

A Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), lançou em 16/07/2021 um E-Book sobre o tema “Segurança de equipamentos e instalações em áreas classificadas”.

Este E-Book “Ex” publicado pela ABRACOPEL aborda os seguintes assuntos, relacionados com o tema envolvendo “atmosferas explosivas”:

  1. Introdução sobre segurança de equipamentos e instalações elétricas em áreas classificadas
  2. Classificação de áreas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis
  3. Zonas, Grupos e classes de temperatura em áreas classificadas
  4. Exemplos de desenhos de classificação de áreas
  5. Sinalização de segurança em áreas classificadas
  6. Certificação de equipamentos elétricos “Ex” para áreas classificadas de gases inflamáveis ou de poeiras combustíveis
  7. Principais características dos equipamentos elétricos certificados para áreas classificadas
  8. Exemplos típicos de equipamentos elétricos certificados instalados em áreas classificadas
  9. Serviços de seleção de equipamentos “Ex” e projeto de instalações elétricas em áreas classificadas
  10. Aterramento e equipotencialização de equipamentos e instalações em atmosferas explosivas
  11. Inspeção de equipamentos e instalações elétricas em áreas classificadas
  12. Tipos e graus e de inspeções em equipamentos e instalações elétricas em áreas classificadas
  13. Lista de verificação para inspeções de equipamentos e instalações elétricas – Ex “d”, Ex “e”, Ex “n” ou Ex “t”
  14. Exemplos de desvios encontrados em equipamentos e instalações “Ex” durante inspeções
  15. Certificação de empresa brasileira de inspeção de equipamentos e instalações elétricas “Ex”
  16. Reparo e recuperação de equipamentos elétricos em áreas classificadas
  17. Sistema de gestão de segurança e de ativos de equipamentos e instalações elétricas “Ex”
  18. Considerações sobre a segurança de equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas
  19. Referências Bibliográficas sobre segurança de equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas
  20. Autores deste trabalho sobre segurança dos equipamentos e instalações elétricas em áreas classificadas

Autores deste E-Book: Ricardo Carletti, Roberval Bulgarelli, Rogélio Gôngora e Sérgio Rausch. O E-book “Ex” está disponível para download gratuito na página da Abracopel: https://abracopel.org/download/e-book-seguranca-em-equipamentos-e-instalacoes-eletricas-em-area-classificada/


18. Novos treinamentos teóricos e práticos Ex 001, Ex 003, Ex 004, Ex 007 e Ex 008 ministrados pelo SENAI/SANTOS e SENAI/BENFICA

Foram ministrados por escolas técnicas do SENAI, novos treinamentos teóricos e práticos sobre atmosferas explosivas diretamente relacionados com as Unidades de Certificação de Competências Pessoais “Ex” do IECEx. Em 2020 os treinamentos presenciais foram retomados com a adoção das medidas de segurança necessárias, em função da pandemia ocasionada pelo Covid 19. 

Foram treinados pelo SENAI/SANTOS desde 2015 até 12/2021 mais de 500 profissionais nestas diversas Unidades de Competências Pessoais “Ex”. Foram treinados pelo SENAI/BENFICA desde 2007, com base em metodologia ASET (Aberdeen Skills and Enterprise Training Ltd.) até 12/2021 cerca de 5.000 profissionais nos requisitos de montagem e inspeção de instalações elétricas e de instrumentação “Ex”, de acordo com as Normas ABNT NBR IEC 60079-14, ABNT NBR IEC 60079-17 e ABNT NBR IEC 60079-19.

Foram realizados pelo SENAI/SANTOS e SENAI/BENFICA, ao longo de 2021 treinamentos remotos e presenciais, teóricos e práticos com carga horária de 20, 40 h e 80 h, abordando atividades relacionadas com as seguintes Unidades de Competências Pessoais “Ex”: Ex 001 (Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas), Ex 003 (Instalação de equipamentos com tipos de proteção “Ex” e respectivos sistemas de fiação) Ex 004 (Manutenção de equipamentos em atmosferas explosivas), Ex 007 (Execução de inspeções visuais e apuradas de instalações em atmosferas explosivas) e Ex 008 (Execução de inspeções detalhadas de instalações em atmosferas explosivas)

19. O futuro dos equipamentos e instalações em atmosferas explosivas

Sob os pontos de vista de segurança, tecnologia, pesquisa, desenvolvimento, fabricação, certificação, requisitos legais, serviços e competências pessoais envolvendo o tema “atmosferas explosivas”, podem ser verificadas diversas ações que direcionam e apontam caminhos para o “futuro” ou “convergência” desta área de especialidade. 

Podem ser destacados, dentre outros, os seguintes temas que se encontram em destaque na área de equipamentos e instalações em atmosferas explosivas: IIoT, Indústria 4.0, Cibersegurança (IEC 62443), Ethernet, Equipamentos mecânicos “Ex” e Competências pessoais “Ex”

Quando se vê as instalações “Ex” brasileiras adotando uma nova abordagem e uma nova postura de segurança sobre o assunto, não se vê apenas um marco simples de números. Pode ser percebida uma transformação real. Este novo rumo atual tem a capacidade de modificar não apenas as matrizes de fabricantes, laboratórios e organismos de certificação, o que já é algo significativo e imprescindível; mas transformar também a sociedade de forma mais ampla e profunda, diminuindo a indevida ocorrência da normalização dos desvios “Ex” e contribuindo para que se possível um futuro melhor para deixar para as próximas gerações.

20. Considerações gerais sobre o panorama e a retrospectiva “Ex” em 2021

  1. A certificação, no Brasil, da primeira empresa brasileira de serviços de inspeção e manutenção de equipamentos e instalações “Ex” pode ser considerada como um importante marco histórico, sob o ponto de vista de destacar as necessidades de mercado sobre a contratação de empresas de serviços “Ex” certificadas, que possam proporcionar a devida confiança, às empresas contratantes, de que os serviços de campo serão realizados de forma correta, atendendo aos requisitos das Normas Técnicas Brasileiras aplicáveis da Série ABNT NBR IEC 60079
  2. O marco de 100 Normas Técnicas brasileiras adotadas publicadas ou atualizadas pela ABNT, das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO 80079, atingido pela ABNT em 2021, evidencia os esforços que estão sendo efetuados pelos profissionais brasileiros envolvidos com a normalização nacional e internacional “Ex”, no sentido de harmonizar as normas técnicas brasileiras com as respectivas normas técnicas internacionais, elaboradas pelo TC 31 da IEC
  3. Sob o ponto de vista de segurança industrial, levando em consideração as não conformidades que são verificadas nas inspeções das instalações “Ex” existentes, bem como os acidentes e explosões que ocorrem neste tipo de instalações, decorrentes destas não conformidades, pode ser verificado que a certificação dos equipamentos elétricos ou mecânicos “Ex” tem se mostrado insuficiente para garantir a segurança das instalações em atmosferas explosivas ou das pessoas que nelas trabalham
  4. Para a elevação dos níveis de conformidade normativa e de segurança industrial das instalações “Ex”, ao longo do ciclo total de vida das instalações “Ex”, existe também a necessidade da certificação prioritária das empresas de serviços “Ex” (incluindo classificação de áreas, projeto, montagem, inspeção, comissionamento, manutenção e reparos de equipamentos e instalações “Ex”), bem como da certificação prioritária das competências pessoais “Ex” dos profissionais que executam tais atividades
  5. Para que seja evitada a indevida “normalização dos desvios Ex” que pode ser verificada nas instalações terrestres e marítimas, é necessário que o foco da segurança e da gestão dos ativos “Ex” tenha como base a certificação das competências pessoais dos executantes e supervisores de trabalhos “Ex”
  6. O mercado já disponibiliza há longo tempo equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicos “Ex” devidamente certificados por organismos de certificação da conformidade. No entanto, somente a compra de equipamentos “Ex” certificados tem se mostrado insuficiente para evitar acidentes e explosões. Existe a necessidade da preocupação dos equipamentos “Ex” não somente na condição de “novos”, quando eles saem das fábricas dos respectivos fabricantes, mas ao longo do “ciclo total de vida das instalações Ex”, o qual pode durar muitas décadas
  7. A sistemática da avaliação da conformidade por meio da certificação, aplicada a equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” deve ser aplicada também na certificação de empresas de serviços “Ex” e na certificação de competências pessoais “Ex”
  8. A crescente “oferta” de profissionais “Ex” certificados no Brasil é um positivo resultado das respectivas e crescentes “demandas” geradas por empresas brasileiras da indústria do petróleo e empresas de serviços, como empresas de engenharia, empresas de inspeção e estaleiros nacionais. Com relação ao ditado popular: “Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?” pode ser verificado que a atual demanda por profissionais brasileiros “Ex” certificados resulta na consequente e crescente oferta destes profissionais no mercado nacional, como pode ser atualmente verificado
  9. Se encontram disponíveis no Brasil, por meio de Organismos de Certificação “Ex” brasileiros, a certificação de produtos, serviços e competências pessoais “Ex”
  10. Empresas brasileiras das indústrias de petróleo e petroquímica passaram a incluir em seus contratos as exigências de certificação de competências pessoais “Ex” e de empresas de serviços “Ex” 
  11. Estas ações têm como base a convergência normativa “Ex” com base nas Normas Técnicas Internacionais das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079, bem como a convergência regulatória “Ex” com base nos sistemas internacionais de avaliação da conformidade do IECEx, o qual possui apoio formal das Nações Unidas para implantação em seus países membros. Estas ações são necessárias para a elevação dos atuais níveis de segurança das instalações brasileiras envolvendo instalações industriais contendo atmosferas explosivas, tanto terrestres como marítimas


    Por Roberval Bulgarelli, consultor sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas.

Seja membro do portal e acesse o conteúdo completo!

PLANO

Virtual Gratuito
R$ 0,00 00
  • Conteúdo Digital (restrito)

PLANO

Impresso + Virtual
R$ 275,00 por ano
  • Revista Impressa
  • Conteúdo Digital (100%)
Popular

PLANO

Virtual Ilimitado
R$ 11,90 por mês
  • Conteúdo Digital (100%)

Detalhes dos Planos

ACESSOS
VIRTUAL GRATUITO
VIRTUAL ILIMITADO
IMPRESSO + VIRTUAL ILIMITADO
Notícias do Setor
Guias Setoriais
Conteúdo Empresarial
Eventos do setor
Webinar
Vídeos
E-books
Artigos de opinião
Fascículos
Artigos técnicos
Colunistas
Revista O Setor Elétrico - Leitura e Download
Revista Impressa

Próximo Evento

Evento: SNPTEE 2022
Data: 15/05/2022
Local: Riocentro
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: Ecoenergy 2022
Data: 07/06/2022
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: 14° Fórum GD Sul
Data: 22/06/2022
Local: Florianopolis - SC
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.
Evento: SBSE 2022
Data: 10/07/2022
Local: Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Maria
00
Dias
00
Horas
00
Min.
00
Seg.

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.