Votorantim Energia aposta em tecnologia de competividade para leilões

out, 2019

Plataforma desenvolvida em parceria com startup Navarra Tech impulsiona resultados já na primeira transação de leilão de energia

Em busca de novos modelos de negócios que gerem resultados, a Votorantim Energia (VE) realizou, na segunda quinzena de agosto, seu primeiro leilão por meio de uma plataforma desenvolvida em parceria com uma startup. Trata-se da Navarra Trader, uma ferramenta que leva agilidade e alta competitividade para o processo de comercialização de energia.

“A ideia é levar eficiência ao nosso processo, aliando o uso de tecnologia com um modelo de contratação novo no mercado. Por já estar integrada ao Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia, a plataforma transfere as negociações para contratos digitais, reduzindo o trabalho operacional e trazendo segurança para as operações”, explica Eduardo de Oliveira Diniz, Gerente Geral de Comercialização da Votorantim Energia.

Para Danilo Leite, Gerente de Inovação da VE, a parceria com a Navarra Tech reflete os ganhos inerentes em aliar o conhecimento de mercado e solidez de uma grande empresa com a agilidade e dinamismo de uma startup no desenvolvimento de soluções diferenciadas. “Buscamos essa sinergia da evolução tecnológica que rompe e supera os mercados existentes, numa relação de ganha-ganha que fomenta a competividade”, destaca. Segundo ele, o conhecimento de mercado da VE possibilitou uma troca muito rica com a Navarra para o desenvolvimento de uma solução adequada e altamente escalável. “É a primeira parceria de muitas que estamos vislumbrando com o ecossistema de startup nacional”, avalia.

Desde 2018, por meio do programa Smart Trading, a VE vem formando uma rede para discussão de ideias, desenvolvimento de projetos e possibilidades para futuras parcerias com empresas disruptivas como as startups.

Diferenciais

A Navarra Trader possibilita a execução simultânea e paralela de múltiplos leilões, além do envio de convites via e-mail automático, já com login e senha de acesso gratuitos. A participação no leilão não tem custo para a contraparte, apenas para a empresa leiloeira. O custo é um de seus diferenciais. “Com o valor de um leilão, a empresa paga uma mensalidade da Navarra, e realiza quantos leilões quiser”, conta Daniel Barra, CEO da Navarra Tech.

O trabalho junto da VE fez com que ele e seus sócios enxergassem algumas oportunidades. “A realização de leilões é apenas a ponta do iceberg. Durante o desenvolvimento, percebemos que o mercado de energia ainda tem muito pouco dado sendo capitado e registrado em base histórica. A plataforma, na nossa visão, caminha para ser uma central de trading, com serviços mais amplos envolvidos”, avalia.

E sobre a experiência de trabalhar com uma grande organização, ele destaca: “A parceria com a Votorantim Energia foi uma troca muito rica e ganhamos muito como startup durante o desenvolvimento. A VE nos surpreendeu em sua capacidade de concretizar em atitudes a sua visão de inovação”.

A Navarra Technologies, uma fintech especializada no desenvolvimento de algoritmos de negociação em renda variável, nasceu em 2016 e, em menos de um ano, recebeu seu primeiro investimento, de uma das maiores aceleradoras do país, a Darwin Startup. Alterou seu modelo de negócio para trabalhar com o mercado de trading de energia elétrica e agora quer ampliar a plataforma para ser uma central, com serviços mais amplos, e com atuação para além do mercado brasileiro. Selecionada para o programa de aceleração Techstar Energy, os sócios da empresa estão, no momento, na Noruega.

Comentários

Deixe uma mensagem