Universidade Federal do Paraná inaugura maior Usina Solar do Brasil construída em estacionamento (carport)

jan, 2020

Construída pelo Grupo Alexandria, vai gerar metade da eletricidade consumida pelo campus Politécnico da Instituição

A Universidade Federal do Paraná – UFPR, está inaugurando a maior usina solar fotovoltaica em carport do Brasil, o que lhe permitirá economizar até R$ 1,5 milhão por ano com energia elétrica – 50% do atual consumo do Campus Politécnico, ou o suficiente para abastecer 722 residências.

Resultado de um investimento em torno de R$ 5 milhões, ela faz parte do Programa de Eficiência Energética da ANEEL, com participação da FUNPAR – Fundação da Universidade Federal do Paraná.

A nova usina solar fotovoltaica foi construída pelo Grupo Alexandria em 90 dias, considerado um recorde em função das complexidades envolvidas em sua instalação. A empresa desenvolveu todo o projeto, fez a aquisição dos equipamentos, e a instalação dos 72 carports (estrutura modular instalada em estacionamentos, composta de perfis metálicos preparados para receber painéis fotovoltaicos), que, ao mesmo tempo, fornecem sombra para os veículos no estacionamento da UFPR e geram energia elétrica para a instituição.

“Esta nova usina de energia representa um marco para o Grupo Alexandria, porque além dos desafios tecnológicos vencidos por nosso time, representa um caminho importante para que essa e outras instituições possam otimizar seus recursos, reduzindo gastos no custeio para investir em atividades como pesquisa”, analisa Alexandre Brandão, CEO do Grupo Alexandria.

Características da usina da UFPR:

Potência total: 1.165,6 kWp

Geração total de energia: 1299,715 MWh/ano

Autonomia da planta: 50% do consumo de energia deste Campus

Geração corresponde ao consumo médio de 722 residências.

Evita a emissão de 96,18 ton de CO2 na atmosfera por ano; equivalente à preservação de 4.372 árvores.

Número total de módulos: 2914

Quantidade de carports: 72 que cobrem 375 vagas de estacionamento

Comentários

Deixe uma mensagem