Siemens leva ao Connected Smart Cities portfólio de soluções que fará a diferença no futuro dos grandes centros urbanos

set, 2019
  • Produtos e serviços para geração de energia distribuída, baterias para armazenamento de energia, automação predial e mobilidade elétrica estão entre as novidades que a companhia apresentará no evento
  • Siemens é uma das patrocinadoras e estará presente com um estande no Connected Smart Cities, que ocorre nos dias 17 e 18 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo

Líder em soluções voltadas para infraestrutura inteligente, a Siemens mostra o que há de mais inovador em seu portfólio para cidades inteligentes durante o Connected Smart Cities, evento que ocorre nesta terça (17) e quarta-feira (18), no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. Da geração de energia distribuída às baterias de armazenamento de eletricidade, passando por automação predial e mobilidade elétrica, a companhia traz ao público produtos e serviços que farão a diferença no futuro dos grandes centros urbanos.

A Siemens é patrocinadora oficial do evento e está presente com um estande de 12 metros quadrados, espaço de relacionamento onde serão apresentados aos visitantes todo o portfólio voltado para cidades inteligentes. Nesta quarta-feira pela manhã, a companhia participa ainda da parte de conteúdo com a presença do gerente de desenvolvimento de negócios da Siemens, Ricardo Nakamura, no painel que aborda a crescente demanda por veículos elétricos onde falará sobre as inovações da empresa em infraestrutura voltada para este segmento de mobilidade.

“A participação no evento é muito importante para a Siemens, pois desta forma podemos multiplicar os conhecimentos de forma colaborativa, contribuindo positivamente para o desenvolvimento inteligente e sustentável da nossa sociedade“, afirmou Nakamura. “A expectativa é a de que possamos gerar sinergias entre os players dos mais diversos segmentos, de forma que, o evento contribua para a concretização de importantes projetos disruptivos de infraestrutura no Brasil“, completa.

No Connected Smart Cities, a Siemens pretende mostrar os diferenciais de seu portfólio de geração de energia distribuída que reforça a uso de fontes renováveis e de menor impacto ao meio ambiente, além de estar totalmente em linha com a infraestrutura das cidades inteligentes. Outra novidade é a atuação da companhia com armazenamento de energia em baterias como serviço (do conceito “bSaaS”, sigla em inglês para “battery Storage as a Service”), que foi iniciada na recente aquisição de 20% de participação da Micropower-Comerc, cujo sistema reforça a utilização de energia limpa no país e gera redução de custos para os usuários por ser ativado nos momentos em que o uso de eletricidade é mais caro.

Na presença da empresa durante o evento também se destacam as soluções de mobilidade elétrica envolvendo carros, caminhões e ônibus, onde um totem de carregamento de energia para veículos deste segmento serão mostrados aos visitantes, além de produtos e tecnologias para prédios inteligentes e automação, portfólio que atende aos desafios urgentes da urbanização conectando sistemas de energia, edifícios e indústrias.

“Por meio da área de Smart Infrastructure, tratamos os desafios de infraestrutura, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e criando os melhores ambientes possíveis para se viver e trabalhar. Nesse sentido, estamos alinhados com a atuação e os objetivos do Connect Smart Cities”, diz o gerente de desenvolvimento de negócios da Siemens.

No evento, a Siemens também distribuirá um material sobre o City Performance Tool (CyPT), estudo que identifica as melhores tecnologias a serem aplicadas em edifícios, setor energético e transportes, com o objetivo de reduzir as emissões de CO² no âmbito urbano. Realizado em mais de 20 países, sendo esse o primeiro no Brasil, o levantamento repensa o desenvolvimento urbano a longo prazo, avaliando cenários futuros e sugerindo soluções que atinjam as metas ambientais, e já está sendo implementado pela cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo.

Comentários

Deixe uma mensagem