Setor de energia tem terceira maior alta em fusões e aquisições dos últimos 20 anos

maio, 2019

O setor de energia registrou a terceira maior alta em fusões e aquisições dos últimos 20 anos.

Os dados são de uma pesquisa realizada trimestralmente pela KPMG. No acumulado de 2018, foram realizadas 55 transações, ficando atrás apenas das médias alcançadas em 2014 (56) e em 2006 (61). Desse total, grande parte foi realizada por empresas de energia renovável (31). Já se compararmos o ano passado com 2017, houve um aumento no número de negócios fechados de quase 31

De acordo ainda com o levantamento, das 55 operações realizadas em 2018, a maioria foi doméstica (33), sendo ainda 11 do tipo CB1 (empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no Brasil), 1 CB2 (companhia de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no exterior), 4 CB3 (empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil), 5 CB4 (Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil) e 1 CB5 (empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no exterior).

“O grande número de transações domésticas indica que o mercado de energia está aquecido em linha com o mercado mundial. O destaque do ano passado também ficou com as operações realizadas por empresas de energia renováveis que aumentando a cada ano em linha com a tendência de uma mudança da matriz energética de carbono para renovável”, analisa o sócio da KPMG, Paulo Guilherme Coimbra.

Fusões e aquisições em energia – 1998 a 2018

2018

2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008  

55

42 32 29 56 33 30 42 36 19

24

 

2007

2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999

1998

 
25 61 16 12 17 16 36 20 10

11

 

Comentários

Deixe uma mensagem