Schneider Electric vence prêmio global pela sua contribuição para a economia circular

fev, 2019

A EMPRESA VENCEU O PRÊMIO THE CIRCULARS 2019 NA CATEGORIA MULTINACIONAL.

O PRÊMIO RECONHECE OS ESFORÇOS DA SCHNEIDER ELECTRIC PARA COLOCAR A CIRCULARIDADE NO CENTRO DA SUA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO, E COMO PARTE
DOS SEUS OBJETIVOS.

A Schneider Electric, líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, venceu o prêmio The Circulars 2019, na categoria Multinacional. The Circulars, uma iniciativa do World Economic Forum e do Forum of Young Global Leaders, em colaboração com a Accenture Strategy, é o
principal prêmio de economia circular em nível global.Reconhece organizações públicas e privadas, bem como indivíduos que contribuem significativamente para a economia circular.

EM 2018, GRAÇAS À ECONOMIA CIRCULAR, 40 MIL TONELADAS DE RECURSOS PRIMÁRIOS FORAM EVITADAS E 30 MILHÕES DE TONELADAS DE CO2 DEIXARAM DE
SER EMITIDAS.

A abordagem da Schneider Electric em relação à economia circular consiste em se distanciar do sistema linear de desperdício, baseado em
“extrair, fabricar, descartar”, que é, comprovadamente, prejudicial para o planeta e o clima. A abordagem que o Grupo adota em relação à
circularidade, que reflete os princípios da Ellen MacArthur Foundation, consiste em:

  • Preservar e valorizar o capital natural;
  • Minimizar a utilização de recursos primários;
  • Fomentar novos sistemas, incluindo o leasing, para prolongar o tempo de vida útil dos produtos, promover a reparação, reutilização e,
    finalmente, a reciclagem de materiais, se todas as outras opções forem esgotadas.

O prêmio The Circulars 2019 reconhece o compromisso da Schneider Electric com a economia circular em todos os locais e em todos os níveis, como parte de uma abordagem universal que engloba todas as atividades da empresa:

  • Ecodesign de produtos com utilização mínima de matérias-primas; Propostas de Valor Circular (objetos, serviços, leasing, reparações, devolução, etc. conectados);
  • Cadeia de distribuição circular (logística reversa, centros de reparação, centros de modernização e recondicionamento, etc.);
  • Administração corporativa baseada em quatro indicadores de economia circular no barômetro trimestral, não-financeiro, Schneider Sustainability Impact, com repercussão na remuneração de muitos gestores da Schneider Electric.

Todos os novos produtos têm design ecológico, o que significa que são criados para serem facilmente reparados, atualizados e finalmente desmantelados, no fim da vida útil. Os Perfis Ambientais de Produto (PEP) digitais oferecem aos clientes informação clara sobre a pegada ecológica de um produto e seu impacto ambiental, bem como instruções detalhadas para a fase final de vida útil que maximizam a circularidade dos produtos após sua “primeira vida”. Em 2019, a Schneider Electric fará um esforço redobrado para aumentar a utilização de plásticos reciclados nos seus produtos.

Além disso, a Schneider Electric continua a implementar uma crescente gama de serviços para ajudar os clientes a prolongar o tempo de vida útil de equipamentos elétricos antigos, bem como a atualizá-los para a tecnologia mais recente. Isso é feito, por exemplo, por meio seu programa ECOFIT(tm), graças a uma rede global de centros de reparação para disjuntores de equipamentos de baixa e média tensão e UPSs. Existem também serviços adicionais para a devolução e o tratamento de
baterias e equipamentos de média tensão em fim de vida.

Em 2018, as iniciativas de circularidade da Schneider Electric ajudaram a evitar o consumo de 40 mil toneladas de recursos primários e a emissão de 30 milhões de toneladas de CO2 por parte dos seus clientes, majoritariamente por meio da renovação de equipamentos existentes (em edifícios, na indústria, na infraestrutura).

A Schneider Electric também aplica princípios de circularidade em toda sua cadeia de distribuição. Mais de 170 locais em todo o mundo possuem a etiqueta TZWL (Towards Zero Waste to Landfill) e reutilizam, atualmente, 94% dos seus resíduos.

A ECONOMIA CIRCULAR NO CENTRO DA ESTRATÉGIA DA SCHNEIDER ELECTRIC

“A economia circular é uma transformação estratégica global e é fundamental em tudo o que fazemos”, diz Jean-Pascal Tricoire, CEO global da Schneider Electric. “É essencial para o planeta, melhora o desempenho dos nossos clientes, ajuda os governos e os países graças aos empregos locais que cria, e é estratégica para nós, porque nos leva a relações sustentáveis com nossos clientes.”

A Schneider Electric está associada à Ellen MacArthur Foundation desde 2015, como membro do programa Economia Circular (CE100), e co-criou um programa de e-learning sobre economia circular, já efetuado, até ao momento, por 4.500 colaboradores da Schneider Electric.

Todo o Grupo está envolvido no esforço de circularidade, com 10 mil engenheiros em Pesquisa & Desenvolvimento, 12 mil engenheiros em Serviços e 80 mil colaboradores em 200 fábricas que trabalham, diariamente, para reduzir os desperdícios e, simultaneamente, fabricar produtos da mais alta qualidade.

OBJETIVOS AMBICIOSOS PARA 2030

A Schneider Electric continua a impulsionar seus esforços de circularidade por meio de um conjunto de metas ambiciosas. Em 2021, o Grupo pretende evitar o consumo de 120 mil toneladas de recursos primários e reduzir 120 milhões de toneladas de emissões de CO2 por parte dos seus clientes. Em 2025, o Grupo quer duplicar a quantidade de plástico reciclado nos seus produtos e, até 2030, pretende que 100% da energia das suas instalações provenha de fontes renováveis (em comparação com os 30% de hoje em dia), que 100% dos resíduos sejam reutilizados e que todas as embalagens provenham de fontes recicladas ou certificadas.

SOBRE O ECOSTRUXURE™

O EcoStruxure(tm) é nossa plataforma e arquitetura de sistema aberta, interoperável e habilitada para IoT. O EcoStruxure(tm) entrega valor agregado em relação à segurança, confiabilidade, eficiência, sustentabilidade e conectividade para nossos clientes. O EcoStruxure(tm) aproveita os avanços em IoT, mobilidade, detecção, nuvem, análise e segurança cibernética para oferecer inovação em todos os níveis. Isso inclui produtos conectados, Edge Control, aplicativos, análises e serviços. O EcoStruxure(tm) foi implementado em mais de 480 mil sites, com o apoio de mais de 20 mil integradores de sistemas e desenvolvedores, conectando mais de 1,6 milhão de ativos sob gerenciamento por mais de 40 serviços digitais.

SOBRE A SCHNEIDER ELECTRIC

A Schneider Electric lidera a Transformação Digital em Gestão de Energia Elétrica e Automação em Residências, Edifícios, Data Centers, Infraestrutura e Indústrias. Com presença global em mais de 100 países, a Schneider é líder absoluta em Gestão de Energia em Média e Baixa tensão, Energia Segura e em Sistemas de Automação. Fornecemos soluções integradas para eficiência, que combinam energia, automação e software. Em nosso Ecossistema global, colaboramos com a maior comunidade de Parceiros, Integradores e Desenvolvedores em nossa Plataforma Aberta, para entregar controle e eficiência operacional em tempo real.
Acreditamos que Pessoas Talentosas fazem da Schneider Electric uma grande Empresa, e que nosso comprometimento com a Inovação, Diversidade e Sustentabilidade garante que “Life is On” seja realidade em todos os lugares, para todas as pessoas, em todos os momentos.

RMA COMUNICAÇÃO:
Vanessa Domingues ([email protected]) – (11) 2244-5906
Talita Ramos ([email protected]) – (11) 2244-5890
Cecília Ferrarezzi ([email protected]) – (11) 2244-5967

Comentários

Deixe uma mensagem