Registrado no Brasil um Super Raio de 249 kA. A NBR 5419:2015 prevê proteção para até 200 kA. E agora, projetista?

maio, 2019

por Prof. Danilo Ferreira de Souza e Dr. Hélio Eiji Sueta

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), por meio do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), registrou em fevereiro de 2019 a maior corrente de raio já filmada no Brasil. Uma descarga atmosférica de polaridade positiva e valor de pico de aproximadamente 249 kA na zona oeste da cidade de São Paulo. A matéria foi publicada no Programa Fantástico [1], sendo transmitida em 03 de março de 2019.

Diante da notícia, a pergunta por parte dos projetistas e estudantes de Engenharia Elétrica não poderia ser outra: se a NBR 5419:2015 prevê proteção para até 200 kA, o que podemos fazer neste caso?

A NBR 5419:2015 tem preocupações restritas com as descargas nuvem-solo, dentre uma série de possibilidades.

Clique aqui e leia o artigo completo em PDF.

Comentários

Deixe uma mensagem