Prysmian e AES Eletropaulo fecham contrato de R$ 30 milhões

dez, 2017

A Prysmian Brasil fechou um contrato no valor de R$ 30 milhões com a AES Eletropaulo. O acordo prevê a implantação de sistema subterrâneo de transmissão de energia na cidade de São Paulo.

O escopo do projeto inclui fornecimento de materiais, equipamentos e técnicos para realizar obras civis, montagem eletromecânica, testes e comissionamento da linha de transmissão subterrânea. A nova linha conectará a rede de energia da AES Eletropaulo no bairro do Ipiranga à Estação Transformadora de Distribuição (ETD) Vila Mariana, de 88/13,8kV, em construção no bairro da Vila Mariana, zona sul da capital paulista.

A linha subterrânea terá uma extensão total de aproximadamente 2,9 quilômetros de cabos de alta tensão da Prysmian, totalizando a quantidade de 18 mil metros de cabeamento. A conclusão da obra está prevista para outubro de 2018.

O traçado foi projetado sob a faixa de segurança do antigo Ramal Aéreo de Estação Vila Mariana 3 e 4 de 88 kV e também sob vias públicas do município de São Paulo. Como o projeto tem um prazo curto de execução, a Prysmian atua em múltiplas frentes de trabalho, com abertura de valas convencionais e uso de equipamentos MND (método furo-direcional não destrutivo), de forma a agilizar a instalação da infraestrutura necessária para a passagem dos cabos, principalmente nas regiões de maior fluxo de tráfego e/ou maior impacto nas comunidades por onde a obra avançará.

Segundo o diretor da divisão de energia da Prysmian Brasil, João Carro Aderaldo, é possível perceber uma retomada gradual dos investimentos em energia. “Apesar do pequeno número de redes subterrâneas, acreditamos em um crescimento importante nos investimentos nesses projetos nos próximos anos”, afirma o executivo.

Comentários

Deixe uma mensagem