Primeira quinzena de fevereiro apresenta queda no consumo de energia elétrica, aponta CCEE

fev, 2020

Início do mês registra redução de 1,9% em relação ao mesmo período de 2019

São Paulo, 21 de fevereiro de 2020 – A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE divulga o balanço de geração e consumo de energia referente à primeira quinzena de fevereiro de 2020. Segundo o levantamento, entre os dias 1º e 15 de do mês, o consumo registrou queda de 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando 65.894 MW médios. Os dados constam do boletim InfoMercado Quinzenal publicado no site da instituição (www.ccee.org.br).

O Ambiente de Contratação Regulada – ACR apresentou retração no consumo de 4,1%, considerando a migração de clientes cativos para o Ambiente de Contratação Livre – ACL. Excluindo o impacto das migrações, o ACR registraria diminuição de 2,1%.

O ACL apresentou crescimento de 3,5% no consumo em relação ao mesmo período do ano passado. Eliminando o impacto da migração de novas cargas, apresentaria queda de 1,4%.

Desconsiderando o fator de migração, os segmentos que registraram maior queda de consumo, considerando autoprodutores, varejistas, consumidores livres e especiais, foram: extração de minerais metálicos (7,3%), veículos (6,8%), e madeira, papel e celulose (5,2%).

Geração também retrai no período – A geração de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional também apresentou diminuição na primeira quinzena de fevereiro. Com 70.573 MW médios, a produção registrou queda de 1,6% em relação aos 69.443 MW médios do mesmo período do ano passado.

As usinas térmicas e eólicas apresentaram redução de geração de 13,4%, e 7,6%, respectivamente. Já as hidráulicas, com 1% a mais, e fotovoltaicas, com aumento de 18,6%, registraram aumento da produção de energia.

Comentários

Deixe uma mensagem