Primeira etapa das Jornadas sobre prevenção de explosões ocorre no Rio de Janeiro

jun, 2019

Seminários, que, além desse tema, abordam áreas classificadas e nitrato de amônio, também serão realizados em Santos/SP, Curitiba/PR e Recife/PE

Por Fundacentro/ACS – Cristiane Reimberg em 21/06/2019

A Fundacentro e a Associação Brasileira para Prevenção de Explosões – Abpex realizaram no final de maio a primeira etapa das Jornadas sobre prevenção de explosões, áreas classificadas e nitrato de amônio no Rio de Janeiro/RJ. O próximo seminário já tem data: 28 de junho, em Santos/SP. Os eventos reforçam as ações da instituição voltadas para segurança química. Os acidentes ocorridos nessa área podem ter graves consequências para a comunidade, sendo, geralmente, classificados como ampliados ou maiores.

“Explosões de gases, vapores e poeiras ocorrem quando há a formação de uma atmosfera explosiva, ou seja, a mistura geralmente com o ar em proporções adequadas”, explica o tecnologista da Fundacentro, Fernando Sobrinho, que é engenheiro químico e de segurança, além de coordenador das atividades.

No Rio de Janeiro, o primeiro seminário, realizado em 28 de maio, contou com a presença de cerca de 280 pessoas, entre engenheiros, técnicos e peritos. A mesa de abertura teve a presença do presidente do Clube de Engenharia-RJ, que apoiou o evento, Pedro Celestino. Também participaram Maria de Fátima Fuste, tecnologista e chefe da Fundacentro (Centro Estadual do Rio de Janeiro) e Nelson Lopez, diretor da Abpex.

Na palestra de abertura, o engenheiro Nelson Lopez apresentou um histórico das áreas classificadas, abordando a evolução dos conhecimentos e a legislação sobre o assunto no país. Para o palestrante, a classificação criteriosa e atualizada implica em melhora na segurança das instalações e na redução de custos.

Em seguida Fernando Sobrinho realizou a palestra “Tipos de Explosões por Gases/Vapores Inflamáveis: Características e Consequências”. “A legislação de SST necessita de avanços nas questões de produtos perigosos não inflamáveis, poeiras e explosivos como o nitrato de amônio”, afirma o engenheiro. Para ele, é fundamental a inserção de temas relacionados com segurança química em cursos técnicos e profissionalizantes nas áreas correlatas.

O seminário contou com outras palestras, que buscaram trazer medidas de proteção efetivas. Os representantes da Corbari Industrial falaram sobre desclassificação de áreas e uso da ventilação para redução de concentrações perigosas por meio de exaustão e diluição dos ambientes sujeitos à formação de atmosferas explosivas. Já o gerente regional da Fike, Luis Barbim, palestrou sobre prevenção de explosões de poeiras e redução de consequências por meio de medidas de engenharia, como dispositivos de alívio, bloqueio e supressão.

Haroldo Martins Junior, consultor da Abpex, apresentou a palestra “Conscientização sobre Segurança com Nitrato de Amônio: Os Acidentes e sua Prevenção na Manipulação, Transporte e Armazenamento”. O palestrante mostrou medidas de segurança e os principais acidentes ocorridos com o produto em nível mundial e no Brasil. “Após a ocorrência de dois eventos de grande magnitude em Francisco do Sul/SC e Cubatão/SP, as autoridades militares estabeleceram uma legislação mais rígida sobre o assunto”, aponta Haroldo.

A palestra final foi realizada por Hélio Rodrigues, coordenador de certificação de profissionais da Abendi, que discorreu sobre competências pessoais e certificação profissional para trabalhos em áreas classificadas.

Na capital carioca, o evento teve a coordenação local da engenheira e tecnologista da Fundacentro no Rio de Janeiro, Maria Christina Felix, e geral de Fernando Sobrinho.

Próximos eventos

O Seminário sobre Prevenção de Explosões e Áreas Classificadas ocorre em 28 de junho do Sindicato dos Metalúrgico de Santos, das 8h30 às 17h, localizado na Avenida Ana Costa, 55, na Vila Mathias, em Santos/SP. Para se inscrever, acesse a área de eventos do portal da Fundacentro. Também é possível consultar a programação completa.

A coordenação do evento é feita pelo técnico do Escritório de Representação da Fundacentro na Baixada Santista, Josué Amador da Silva, e por Fernando Sobrinho. Solicita-se a doação de 1 pacote de leite em pó.

Em breve, serão divulgadas as informações dos eventos em Curitiba/PR, que ocorre em 25 de setembro, e Recife/PE, 23 de outubro.

Comentários

Deixe uma mensagem