Novos requisitos sobre proteção de equipamentos por ambientes pressurizados – Atualização da Norma ABNT NBR IEC 60079-13

nov, 2019

Foi publicada pela ABNT em 28/08/2019, a atualização da Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-13 – Atmosferas explosivas – Parte 13: Proteção de equipamentos por ambiente pressurizado “p” e por ambiente artificialmente ventilado “v”

Esta parte da ABNT NBR IEC 60079 apresenta requisitos para o projeto, fabricação, avaliação, verificação e marcação de ambientes utilizados para a proteção de equipamentos internos por pressurização e ventilação artificial ou ambos, de acordo com o aplicável, quando localizados em áreas classificadas de atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou poeiras combustíveis, com ou sem a presença de uma fonte interna de gás ou vapor inflamável.

Esta Norma também inclui ambientes localizados em uma área não classificada que possua uma fonte interna de liberação de um gás ou vapor inflamável.

Esta Norma abrange ambientes que são particularmente fabricados em uma instalação do fabricante e destinado a ter a sua montagem finalizada no campo, bem como ambientes que são completamente montados no campo. Ambientes parcialmente construídos em uma instalação de fabricante podem incluir uma avaliação de terceira parte. Para ambientes montados em campo, este documento pode ser utilizado pelo operador ou proprietário da planta como um guia para a avaliação daquele tipo de montagem.

A Edição 2019 da Norma ABNT NBR IEC 60079-13 é equivalente à Edição 2.0 da IEC 60079-13, publicada em 2017 pelo Subcomitê SC 31J (Instalações e classificação de áreas) do TC 31 da IEC. Esta nova edição da ABNT cancelou e substituiu a edição anterior, publicada em 2012.

Esta Norma representa uma grande revisão técnica de requisitos para a proteção de equipamentos por ambientes pressurizados “p” ou artificialmente ventilados “v” e necessita ser considerada como introduzindo novos requisitos em relação à edição anterior (2012).

Esta segunda edição da Norma ABNT NBR IEC 60079-13 (2019), inclui as seguintes modificações técnicas significativas em relação à edição anterior (2012): 

  • Modificação no título da Norma, de forma a incluir os ambientes artificialmente ventilados “v”, adicionalmente aos ambientes pressurizados “p”
  • Incluídos os tipos de proteção “pb”, “pc” e “vc” e excluídos os tipos de proteção “px”, “py”, “pz” e “pv”
  • Definição das diferenças técnicas entre os tipos de proteção “Ex” para os sistemas de pressurização e de ventilação artificial
  • Exclusão da possibilidade de proteção dos ambientes por meio de gás inerte ou com gás inflamável do escopo desta Norma
  • Inclusão de um Anexo (informativo) para a apresentação de exemplos e de guias de aplicações onde os tipos de proteção por pressurização ou por ventilação artificial podem ser utilizados de forma independentes ou em conjunto

São especificados nesta Norma, dentre outros, os seguintes tópicos: rigidez mecânica do ambiente pressurizado, portas de acesso de pessoal, dutos de ventilação, ciclos de purga, prevenção de ignição em caso de falha do sistema de pressurização, fonte do ar limpo de pressurização, antecâmaras, sistema de pressurização, dispositivos de segurança, detectores de gases, ensaios de purga e de sobrepressão, pressão diferencial mínima e marcação dos ambientes.

Esta Norma ABNT NBR IEC 60079-13 apresenta requisitos para o projeto, construção, avaliação, verificação e marcação de ambientes utilizados para proteção interna de equipamentos: 

  • Localizados em área classificada Zona 1 ou Zona 2 ou Zona 21 ou Zona 22 (onde seja normalmente requerida a instalação de equipamentos com (EPL) Gb, Gc, Db ou Dc) sem a existência de uma fonte interna de liberação de gás ou vapor e protegido por pressurização
  • Localizados em área classificada Zona 2 (onde seja requerida a instalação de equipamentos com EPL Gc) contendo ou não uma fonte interna de liberação de gás ou vapor e protegido por ventilação artificial
  • Localizados em área não classificada, contendo uma fonte interna de liberação de gás ou vapor e protegido por ventilação artificial
  • Localizados em área classificada Zona 1 ou Zona 2 ou Zona 21 ou Zona 22 (onde seja normalmente requerida a instalação de equipamentos com EPL Gb, Gc, Db ou Dc) contendo uma fonte interna de liberação de gás ou vapor e protegido por pressurização e ventilação artificial


O termo “ambiente” utilizado nesta Norma inclui ambientes únicos, ambientes múltiplos, uma edificação completa ou um ambiente localizado no interior de uma edificação. Um ambiente é destinado a facilitar a entrada de pessoal e inclui dutos de entrada e saída. Uma câmara acústica ou outras áreas delimitadas projetadas para permitir a entrada de pessoal podem ser consideradas como um ambiente.

Esta Norma também inclui requisitos relacionados com dispositivos de segurança e de controle necessários para assegurar que a ventilação artificial, a purga e a pressurização sejam estabelecidas e mantidas.

Um ambiente montado ou construído em campo pode ser instalado em montagens terrestres (onshore) ou marítimas (offshore). O ambiente é basicamente destinado para instalação por um usuário final, mas pode também ser fabricado e avaliado nas instalações do fabricante, sendo a montagem final, tais como a instalação dos dutos, feita no campo.

Ambientes podem ser localizados em uma atmosfera explosiva de gás inflamável que requer EPL Gb ou Gc ou uma atmosfera explosiva de poeira combustível que requer EPL Db ou Dc.

A proteção por pressurização (Ex “p”) e proteção por ventilação artificial (Ex “v”) são descritas separadamente, mas pode ser combinada para proteger contra perigos sempre que necessário. Quando ambas as técnicas são combinadas, os requisitos para ambos devem ser aplicados.

Sob o ponto de vista de certificação de conformidade “Ex” para ambientes pressurizados Ex “v”, já foram emitidos certificados de conformidade com base nos requisitos da Norma Brasileira ABNT NBR IEC 60079-13 ou da respectiva Norma Internacional IEC 60079-13, no âmbito nacional ou no âmbito internacional (IECEx) para diversos ambientes pressurizados, incluindo casa de analisadores, salas de controle, subestações elétricas, contêineres pressurizados, habitáculos pressurizados ou pacotes de turbinas a gás.

Esta Norma Técnica Brasileira é uma adoção idêntica, em conteúdo técnico e estrutura, à IEC 60079-13 Ed. 2.0 (2017), que foi elaborada pelo TC 31 – Equipment for Explosive Atmospheres – SC 31M – Non-electrical equipment and protective systems for explosive atmospheres, conforme o documento ISO/IEC Guide 21‑1 – Regional or national adoption of International Standards and other International Deliverables — Part 1: Adoption of International Standards.

As Normas Técnicas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 (Atmosferas explosivas) e ABNT NBR ISO 80079 (Equipamentos mecânicos “Ex”) elaboradas pelas Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 da ABNT são idênticas, em termos de conteúdo técnico e estrutura, sem desvios técnicos nacionais em relação às respectivas normas internacionais da IEC, de acordo com requisitos especificados na ABNT DIRETIVA 3 – Adoção de documentos técnicos internacionais.

A Comissão de Estudo CE 003:031.005 do Subcomitê SCB 003:031 da ABNT, responsável pela elaboração e adoção desta Norma Técnica Brasileira, acompanhou, em nome do Brazil National Committee of the IEC todo o processo de elaboração, comentários, atualização, votação, aprovação e publicação da respectiva Norma internacional ISO 80079-34.

Esta Comissão de Estudo contou com a participação de profissionais envolvidos com equipamentos e instalações em atmosferas explosivas, representantes das seguintes empresas: ASSOCIAÇÃO IEx CERTIFICAÇÕES, EATON / COOPER / CROUSE-HINDS / BLINDA, HENFEL, PETROBRAS, SEW EURODRIVE BRASIL, WAYNE / DOVER e WEG, além de consultores independentes.

Seguindo a tendência e a convergência normativa mundial dos países membros da IEC, incluindo o Brasil, as Normas Técnicas nacionais que envolvem os processos de avaliação da conformidade de empresas de prestação de serviços “Ex”, de competências pessoais “Ex” e de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” são Normas adotadas, idênticas às respectivas normas internacionais da IEC.

Esta política de normalização tem por objetivo harmonizar as Normas Nacionais com a Normalização internacional, de forma a padronizar os procedimentos de projeto, fabricação, ensaios, marcação, avaliação da conformidade, instalação, inspeção, manutenção, reparos, recuperação de equipamentos e competências pessoais “Ex”.

Ações como estas contribuem para a integração dos fabricantes, laboratórios de ensaios, empresas usuárias, organismos de certificação de produtos e de pessoas e provedores de treinamentos brasileiros com o mercado e a comunidade internacional “Ex”, bem como para a elevação dos níveis de segurança, saúde, meio ambiente, avaliação de risco, ensaios, qualidade, desempenho, confiabilidade, procedimentos de execução de serviços e competências pessoais relacionados com as instalações nacionais “Ex”.

Maiores informações sobre a Norma Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-13 estão disponíveis no catálogo da ABNT:
https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=423451

Comentários

Deixe uma mensagem