Novo arquivo histórico da Fundação Energia e Saneamento tem patrocínio da CTG Brasil

nov, 2018

A nova sede do acervo será aberta ao público no sábado, dia 1º, às 10 horas, com palestra gratuita

O Núcleo de Documentação e Pesquisa da Fundação Energia e Saneamento, que conta com o patrocínio da CTG Brasil, inaugura nos próximos dias sua nova sede em Jundiaí, no interior de São Paulo. O local vai abrigar o maior arquivo histórico sobre energia do País, e será aberto ao público no próximo sábado, dia 1º. Instalado no edifício de uma antiga subestação de energia, o núcleo tem como objetivo preservar a história dos setores de energia e de saneamento no Brasil.

Para celebrar a data, a partir das 10 horas, a arquivista Maria Fernanda Mendes e Freitas, responsável pela coordenação do acervo histórico da Fundação, ministrará palestra gratuita com o tema “O mistério dos arquivos”. A ação é aberta ao público em geral e é necessário realizar inscrição pelo e-mail [email protected] ou por meio dos telefones (11) 3395-5508 e (11) 3224-1489.

A ideia é compartilhar informações sobre como fazer pesquisas em arquivos, quais são os instrumentos utilizados na exploração de informações e como o apoio à pesquisa da Fundação Energia e Saneamento pode auxiliar na extração de conteúdo.

“Ao longo de 20 anos de Fundação, mais de 6 mil pesquisadores passaram pelo nosso acervo. Na palestra, abordaremos os trabalhos mais interessantes, relevantes e curiosos. Sempre gratuito e disponível a pesquisadores, o arquivo seguirá subsidiando importantes pesquisas relacionadas a energia e saneamento, mas também a temas ligados ao processo de urbanização e industrialização do Estado de São Paulo”, adianta Maria Fernanda.

“Estamos no Brasil há 5 anos e para nós é uma satisfação já fazer parte da da história do setor elétrico no País. Somos responsáveis por muitas usinas que têm grande valor histórico, como Ilha Solteira e Jupiá, por exemplo. Para construir o futuro precisamos preservar o passado, e patrocinar a Fundação Energia e Saneamento é uma maneira de colaborarmos para que essa memória seja cuidada”, ressalta Salete da Hora, diretora de Marca, comunicação e Sustentabilidade da CTG Brasil.

O acervo é formado pela documentação das empresas de energia paulistas, que incluem coleções particulares reunidas por profissionais que atuaram no setor de energia. Além disso, o acervo integra um vasto patrimônio histórico gerado ao longo de mais de 100 anos de implantação e desenvolvimento da energia elétrica no país. E há mais: é composto por mais de 1.600 metros lineares de documentos técnicos e gerenciais, 260 mil documentos fotográficos, cerca de 3.500 objetos museológicos, 50 mil títulos na biblioteca, além de documentos cartográficos, audiovisuais e sonoros, reunidos a partir de meados do século XIX.

O Núcleo de Documentação e Pesquisa recebe a visita, anualmente, de dezenas de pesquisadores nacionais e estrangeiros, oferecendo atendimento e cessão de uso de imagens. Lembrando que, para o acesso ao acervo, é necessário o agendamento pelo e-mail [email protected] ou através dos telefones (11) 3395-5508 e (11) 3224-1489.

Além do espaço físico, interessados de outros estados podem conferir parte do acervo digital no site www.energiaesaneamento.org.br/acervo.

Serviço

Palestra “O Mistério dos Arquivos”

Quando: 1º de dezembro de 2018 (sábado)

Horário: 10 horas

Onde: Rua Barão de Jundiaí, 202 – Centro – Jundiaí (SP)

Informações: (11) 3395-5508 ou http://www.energiaesaneamento.org.br

Inscrição por e-mail [email protected] ou telefone (11) 3395-5508 / 3224-1489

CTG Brasil

Criada em 2013, a CTG Brasil é parte da China Three Gorges Corporation, uma das líderes globais em energia limpa. Com investimentos em 17 usinas hidrelétricas e 11 parques eólicos, o portfólio da empresa hoje tem uma capacidade total instalada de 8,28 GW. Terceira maior geradora de energia do País, a CTG Brasil conta com a dedicação de seus talentos locais e combina o conhecimento brasileiro e chinês com o objetivo de contribuir para a produção de energia limpa e um futuro sustentável.

Fundação Energia e Saneamento

Criada em 1998, a Fundação Energia e Saneamento pesquisa, preserva e divulga o patrimônio histórico e cultural dos setores de energia e de saneamento ambiental. Atuando em várias regiões do Estado de São Paulo por meio da Rede Museu da Energia (São Paulo, Itu e Salesópolis) e do Núcleo de Documentação e Pesquisa, realiza ações culturais e educativas que reforçam conceitos de cidadania e incentivam o uso responsável de recursos naturais, trabalhando nos eixos de história, ciência, tecnologia meio ambiente.

Empresas Mantenedoras da Fundação Energia de Saneamento: Sabesp, Cesp – Companhia Energética de São Paulo e Emae – Empresa Metropolitana de Águas e Energia.

Comentários

Deixe uma mensagem