MME e Aneel reconhecem importância das cooperativas

jul, 2018

Entidades apoiaram o lançamento de uma cartilha para a constituição de cooperativas de geração compartilhada de energia

O Ministério de Minas e Energia (MME), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Instituto Ideal apoiaram a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) no lançamento de uma cartilha para a constituição de cooperativas de geração compartilhada de energia. O material, disponível em formato impresso e digital, explica o que é uma cooperativa de geração distribuída, como montar sua estrutura e formalizá-la, os cuidados na preparação dos estudos de viabilidade e diferentes modelos de negócio, entre outros temas.

Para o diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do MME, Carlos Alexandre Pires, a cartilha chega em um momento em que o Brasil intensifica as ações de combate às mudanças climáticas no contexto dos compromissos assumidos no Acordo de Paris.

Para o desenvolvimento do material foi utilizada uma parceria com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) e da Deutscher Genossenschafts- und Raiffeisenverband (DGVR). O Guia foi desenvolvido no âmbito do projeto “Sistemas de Energia do Futuro”, que faz parte da cooperação Brasil-Alemanha e é implementado conjuntamente pelo MME e GIZ. O projeto tem como objetivo aprimorar as condições para a integração sistemática de energias renováveis e eficiência energética no sistema energético brasileiro, além de ter como uma de suas vertentes a disseminação de modelos de negócio com alto potencial de escalabilidade.

O material conta ainda com o apoio de divulgação da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) e da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Comentários

Deixe uma mensagem