Mercado livre tem alta de 23% no número de consumidores nos últimos 12 meses

jun, 2020

Volume de agentes associados à CCEE cresce 8% em maio, na comparação com o final de 2019

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE encerrou maio com aumento de 8% no número de agentes associados, na comparação com o dezembro de 2019 (9.725 contra 9.010, respectivamente). Ao todo, 7.689 consumidores estavam habilitados para negociar no mercado livre ao final do mês. O volume é 23% maior do que o registrado em maio do ano passado, quando o segmento somava 6.255 consumidores. Os dados já descontam os agentes desligados no período.

Entre janeiro e maio, 718 consumidores migraram para o Ambiente de Contratação Livre – ACL, sendo 668 especiais e 50 livres. O volume de migrações vem em linha com o verificado nos últimos meses, muito motivado pela entrada de consumidores especiais (leia a definição mais abaixo), com carga entre 0,5 megawatts (MW) e 2 MW.

Raio-X das migrações

Além dos consumidores, são agentes as geradoras, distribuidoras, autoprodutoras e comercializadoras. Só em maio, 140 agentes se associaram à CCEE, sendo 126 consumidores especiais e oito livres, além de 10 novas comercializadoras e 26 usinas classificadas como produtores independentes de energia.

Do total de consumidores, 115 possuem carga de até 1 MW. Outros 11 possuem carga entre 1 MW e 1,99 MW e oito adesões têm carga superior a 2 MW. Considerando o percentual de migração por submercado, o Sudeste/Centro-Oeste reuniu a maioria das adesões: 59% dos agentes estão localizados na região.

Atualmente, estão em andamento 1.019 processos de adesão à CCEE, sendo 765 de novos consumidores especiais. Ao final do mês, eram 23 os comercializadores varejistas habilitados para atuação. Outras 21 solicitações estão sob análise.

Comentários

Deixe uma mensagem