Manutenção preditiva pode aumentar rendimento de eólicas em até 10%

jul, 2017

Aumentar a vida útil dos aerogeradores, cuja vida útil média pode chegar a 20 anos, é a principal estratégia para aumentar a rentabilidade dos parques eólicos, chegando a ganhos de mais de 10%, segundo análise da UL DEWI, empresa da UL focada em > energias renováveis. Uma das principais medidas para obter esta rentabilidade extra é por meio de análises de vida útil das turbinas, serviço que permite avaliar a situação de cada aerogerador, a possibilidade da máquina durar efetivamente 20 anos ou mais e as principais medidas a serem executadas para ampliar sua vida útil.

Recentemente, a UL DEWI publicou a norma UL 4143 – Standard for Life Extension of Wind Turbines e vem conquistando as maiores concorrências internacionais para realização de avaliações de vida útil remanescente de parques eólicos.

O serviço compreende uma série de análises de componentes de cada turbina, além da compilação de dados sobre sua localização, operação e carga de ventos recebida. A partir destas informações, é gerado um modelo em computador que simula a operação do equipamento e determina a probabilidade de duração de cada componente do aerogerador. A avaliação final inclui o prazo para operação segura do parque eólico e estimativas de custo para manutenções e melhorias que possam aumentar a vida útil do ativo.

“Além dos proprietários do parque, este tipo de análise beneficia toda a cadeia de valor da geração de energia eólica”, avalia o gerente de operações da UL DEWI e UL AWS Truepower no Brasil, Alexandre Pereira.

“Este é um serviço que visa aumentar a rentabilidade e reduzir o risco de ocorrências imprevistas, produzindo benefícios também para o planejamento do setor elétrico, para agentes financeiros, seguradoras e fabricantes de equipamentos”, complementa Pereira.

De acordo com a companhia, enquanto ações para otimizar o desempenho e a disponibilidade dos aerogeradores tendem a melhorar o resultado financeiro de um projeto em torno de 2% a 3%, o gerenciamento adequado da operação e manutenção pode render até 5% a mais, ampliando o período de atividade dos parques, gerando ganhos superiores a 10%.

Comentários

Deixe uma mensagem