Laboratório de testes fotovoltaicos da TÜV Rheinland é reconhecido pelo Bureau of Indian Standards

fev, 2020

A TÜV Rheinland, líder global em serviços técnicos independentes, anunciou que seu laboratório de testes fotovoltaicos localizado em Bangalore, na Índia, foi reconhecido pelo principal órgão de certificação do país, o Bureau of Indian Standards (BIS), sob o Compulsory Registration Scheme (CRS), para realizar testes de conversores de potência e inversores fotovoltaicos interconectados.

O reconhecimento do BIS permite que os fabricantes de equipamentos fotovoltaicos cumpram os requisitos do BIS CRS, incluindo desde bens de energia solar fotovoltaica, sistemas, dispositivos e componentes (requisitos para registro obrigatório) à introdução de produtos mais seguros para os consumidores na Índia.

Os fabricantes de conversores de energia e inversores fotovoltaicos interconectados, módulos e baterias devem solicitar o registro no BIS após a avaliação do produto em um laboratório reconhecido pelo órgão. O BIS registra os fabricantes sob o CRS e depois permite que eles declarem que os produtos estão em conformidade com as normas indianas.

“Produtos mais seguros para os consumidores na Índia”

Segundo o diretor administrativo da TÜV Rheinland na Índia, Thomas Fuhrmann, como fornecedor global de testes, inspeção e certificação, a empresa apoia a causa por produtos mais seguros para os consumidores indianos. “Temos orgulho de estarmos associados ao BIS e ajudá-lo em seu objetivo de fornecer produtos seguros, confiáveis e de qualidade, minimizando os riscos à saúde dos consumidores. O Laboratório Fotovoltaico de última geração da TÜV Rheinland, em Bangalore, está bem equipado para testar conversores de potência e inversores fotovoltaicos interconectados conforme o CRS. Nosso laboratório em Bangalore tem capacidade de testar equipamentos com classificação de até 100 kW para registro no BIS. Ou seja, temos a infraestrutura e as competências necessárias para apoiar os fabricantes locais e internacionais e introduzir seus produtos nos mercados indianos”, explica o executivo.

De acordo com Kamalasksha CS, gerente geral assistente de produtos da TÜV Rheinland na Índia, os laboratórios contam com equipamentos de teste com tecnologia de ponta para avaliar produtos com precisão seguindo o CRS do BIS. “Os conversores de energia e os inversores fotovoltaicos interconectados são testados de acordo com a IS 16221, e os requisitos de segurança, de acordo com a IS 161692. A avaliação inclui critérios como requisitos elétricos, mecânicos e de segurança contra incêndio”, explica o gerente. “A TÜV Rheinland se dedica a apoiar o crescente e bem-sucedido sistema de conformidade do governo indiano. Nesse sentido, expandimos constantemente nossa infraestrutura de testes, que opera 24 horas por dia, 7 dias por semana, para atender a vários projetos de fabricantes locais e internacionais”, afirma.

Além de testar produtos de acordo com os requisitos do BIS, a equipe solar da TÜV Rheinland na Índia atua como consultora independente de engenharia e técnica para investidores e desenvolvedores de energia sonar, e ajuda a garantir a qualidade por meio de seus serviços de cadeia de suprimentos para EPC. Outros serviços incluem testes de bombas solares, testes de luzes solares nas ruas e qualificação de inversores.

Comentários

Deixe uma mensagem