Instituto Totum lança campanha sobre Certificado de Energia Renovável (REC)

mar, 2020

Campanha tem apoio da ABEEólica e da ABRAGEL, associações que fazem parte da iniciativa para criação destes certificados no Brasil.  

Com o objetivo de explicar de forma mais detalhada como funcionam os Certificados de Energia Renovável (RECs) e o REC Brazil, o Instituto Totum lança hoje uma campanha de oito vídeos que tratam, sequencialmente, dos seguintes aspectos do mercado: o Sistema Interligado Nacional e os RECs;  o que são os RECs; por que os RECs são para todos; benefícios socioambientais das usinas por fonte de energia (eólica, hídrica, solar e biomassa) e como se tornar parceiros desses benefícios por meio dos RECs; a aplicação dos RECs no mercado livre e como registrar usinas. Os vídeos serão divulgados, por meio de redes sociais, durante oito semanas, sempre às quintas-feiras e podem ser conferidos no site do REC Brazil, nas redes sociais das Associações e do Instituto Totum e na página do Totum no youtube: http://bit.ly/RECeRECBRAZIL

O Programa de Certificação é uma iniciativa conjunta da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) e da Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa (ABRAGEL), com apoio da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (ABRACEEL) e da Associação Brasileira do Biogás e do Biometano (ABIOGÁS) e visa fomentar o mercado de energia gerada a partir de fontes renováveis e com alto desempenho em termos de sustentabilidade.

 

O programa foi elaborado em 2011 por um grupo técnico designado pela ABRAGEL e pela ABEEólica, envolvendo diversos especialistas com experiência das áreas de energia, sustentabilidade, mercado e certificação, que foram responsáveis pela definição dos conceitos envolvidos para empreendimentos sustentáveis. Dentro do programa, o Instituto Totum certifica geradores de energia renovável dentro dos critérios do I-REC e geradores de energia renovável com critérios adicionais de sustentabilidade com a chancela adicional REC Brazil. O Instituto Totum é responsável também pela emissão dos RECs.

 

Em 2018, foram emitidos 338 mil certificados, somandos os I-RECs padrões e os I-RECs com chancela REC Brazil. Em 2019, esse número saltou para cerca de 2,5 milhões. A estimativa para 2020 é chegar a mais de 3 milhões de certificados emitidos. “Estamos notando uma grande procura sobre os certificados e achamos que seria interessante ampliar ainda mais nossa comunicação, explicando de forma mais didática o que são os certificados de energia renovável que, definitivamente, estão numa curva de crescimento e devem seguir assim nos próximos anos”, avalia Fernando Giachini Lopes, Diretor Presidente do Instituto Totum.

 

Um dos pontos que a campanha explica é que há dois tipos de certificados: os I-RECs padrões e os I-RECs com chancela REC Brazil. A diferença essencial é que, no caso do REC Brazil, a empresa também é certificada para critérios de sustentabilidade e impacto social de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). “No REC Brazil, além de a empresa poder emitir um certificado de energia renovável, ela ainda comprova que tem um impacto positivo do ponto de vista social, de acordo com critérios dos ODS e isso dá ainda mais força para o certificado”, detalha Fernando.

 

Segundo o Instituto Totum, de novembro de 2019 até hoje, os pedidos de emissões de RECs no Brasil já atingiram a marca impactante de 1,3 milhão de RECs, sendo 60% deles com a chancela REC Brazil. “Desde que o REC Brazil foi lançado em novo formato em novembro de 2019 ele vem ganhando grande força no mercado, porque possibilitou aos empreendimentos demonstrar de forma clara e visual o atendimento das suas usinas às metas dos ODs da ONU. O resultado para apenas quatro meses já é muito significativo”, analisa Celina Almeida, Diretora de Relacionamento do Instituto Totum.

 

O interesse dos geradores pela chancela REC Brazil vem crescendo por conta da própria demanda de mercado. “Notamos que as empresas querem não apenas neutralizar suas emissões, mas também apoiar formas de geração de energia que têm um impacto positivo na sociedade com benefícios sociais”, diz Luciano Figueredo, Consultor do Instituto Totum nos RECs.

 

“O crescimento do interesse pela certificação e compra dos RECs sinaliza que as empresas estão preferindo consumir energia renovável e, ao mesmo tempo, mostra o compromisso com a mudança de comportamento energético. Nós estamos investindo nesse Programa porque acreditamos em seu enorme potencial e em seus benefícios para a sociedade. E queremos que nossa mensagem se espalhe para empresários e para a sociedade”, afirma Elbia Gannoum, Presidente da ABEEólica.

 

“A ABRAGEL sempre acreditou no potencial e na importância da certificação da energia renovável. Ainda em 2011, a Associação abraçou esse projeto, com a certeza de que ele é um grande diferencial quando o assunto é sustentabilidade e energia limpa, ainda mais nesse momento, de liberalização do mercado, que possibilita que os consumidores escolham a origem da energia quem consomem. Trata-se de um investimento importante para garantir um diferencial competitivo entre os empreendimentos, afirma Charles Lenzi, Presidente da ABRAGEL”.

 

O que são os Certificados

 

O sistema funciona por uma contabilização que controla o equilíbrio entre entrada e saída de certificados. Quando uma geradora é certificada, a energia gerada é acompanhada da geração dos Certificados de Energia Renovável (RECs) correspondentes ao montante produzido. Um REC é a prova de que 1 MWh (um megawatt hora) foi injetado no sistema a partir de uma fonte de geração de energia renovável. Quando um consumidor compra um REC de uma geradora, ele se apropria, por meio de um certificado, daquela energia que foi injetada no sistema e aquele REC não será usado por mais ninguém e aquela quantidade de energia sai da conta do sistema. Os RECs com a chancela REC Brazil também trazem consigo ações de sustentabilidade auditadas relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

 

Para que uma determinada geradora possa emitir RECs e vendê-los, ela precisa passar por um processo de certificação. No site do Programa www.recbrazil.com.br, é possível ter informações detalhadas sobre todo o processo e como é feita a compra e venda verificadas, em ambiente certificado, de acordo com as legislações vigentes que normatizam este sistema.

Comentários

Deixe uma mensagem