Grupo Enel beneficia mais de nove milhões de pessoas com o programa Enel Compartilha

ago, 2019
  • Renda gerada às famílias ultrapassa R$ 13 milhões
  • Economia circular é um dos destaques

Por meio do Enel Compartilha, maior programa de sustentabilidade do Grupo Enel, criado em 2014, mais de 9,5 milhões de pessoas foram beneficiadas pelos mais de 600 projetos da companhia, distribuídos em dez estados brasileiros. As principais linhas de atuação são: ações de eficiência energética e de educação para o consumo consciente de energia; desenvolvimento social e econômico; acesso à energia e inclusão social e apoio às comunidades locais.

O Enel Compartilha Empreendedorismo, por exemplo, ajuda a alavancar ou melhorar a renda de comunidades locais, por meio da formação de redes e associações produtivas comunitárias, capacitação profissional para qualificação de seus produtos, disponibilização de matéria-prima, criação de canais de venda e formação para gestão do negócio e desenvolvimento de mercado. Nos estados do Rio de Janeiro, Ceará e Goiás, a renda gerada para esses grupos ultrapassa R$ 2,5 milhões, entre os anos de 2014 a 2019. Se considerado todo o programa Enel Compartilha, contemplando outros projetos que promovem geração de renda, esse número salta para mais de R$ 13 milhões.

Dentre as iniciativas de empreendedorismo, destaque para o projeto de economia circular, que faz o reaproveitamento de materiais da Enel, como uniformes, cabos e banners, transformados em peças de vestuário e acessórios. Este é o caso do Mulheres do Salgueiro, um grupo produtivo da região de São Gonçalo/RJ, formado por 13 mulheres.

Comentários

Deixe uma mensagem