Governador do Rio Grande do Sul entrega à EDP Brasil licença para projeto de biomassa para a Heineken

jan, 2020

Iniciativa sustentável contribuirá para que cervejaria atinja a meta de ter 70% de sua energia gerada por fontes renováveis

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, fez nesta quinta (23) a entrega da licença de instalação de um projeto de biomassa à EDP, multinacional de origem portuguesa que atua em todos os segmentos do setor elétrico. O projeto é desenvolvido para a Heineken, cervejaria holandesa com 15 fábricas no Brasil.

A iniciativa se refere à instalação de uma caldeira de biomassa na fábrica da Heineken localizada em Igrejinha (RS) e permitirá à cervejaria substituir combustíveis fósseis por uma fonte renovável de energia, a biomassa, reduzindo as emissões de gás carbônico na planta. Considerando as características de sustentabilidade do projeto, a licença foi concedida apenas 20 dias após o protocolo, graças à celeridade das equipes da Secretaria do Meio-Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul (Sema) e da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam).

A solução criada pela EDP vai contribuir com a meta global de sustentabilidade do grupo Heineken de, até 2030, ter 70% da energia que consome gerada por fontes renováveis. No Brasil, a companhia holandesa estima ter 100% de suas cervejarias alimentadas por fontes renováveis até 2023.

Nos últimos anos a EDP vem ampliando sua presença no Rio Grande do Sul. A Companhia possui no Estado uma divisão dedicada a projetos de eficiência energética e, em 2019, adquiriu os direitos de construção e operação de uma linha de transmissão de energia elétrica de 142 quilômetros, que conecta o Rio Grande do Sul a Santa Catarina. O empreendimento percorre dez cidades gaúchas e poderá gerar mais de 500 empregos diretos durante as obras.

Comentários

Deixe uma mensagem