Forte performance comercial da Siemens Gamesa no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020 reafirma perspectivas de longo prazo

fev, 2020
  • A mudança do modelo para energia limpa acelerou a atividade comercial, como aponta a forte entrada de pedidos no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020 (+82% a/a), que impulsionou a carteira de pedidos para 28.089 milhões de euros
  • As vendas perfizeram em 2.001 milhões de euros e o balanço patrimonial permanece sólido, com 175 milhões de euro líquidos.
  • Apesar das boas perspectivas a longo prazo, a situação complexa do setor e os custos extraordinários na execução de cinco projetos onshore localizados no norte da Europa tiveram impacto negativo nos lucros

O aumento da procura de energia eólica como resposta à transição para fontes não poluentes impulsionou a atividade comercial da Siemens Gamesa no primeiro trimestre do ano fiscal de 2020. A empresa registrou um aumento de 82% na entrada de pedidos, com as solicitações crescendo para 4,628 milhões de euros, elevando a carteira de pedidos para um valor recorde de 28.089 milhões de euros, destacando as sólidas perspectivas de crescimento a longo prazo.

Conforme anunciado em 29 de janeiro numa divulgação regulamentar, a empresa sofreu um impacto imprevisto de 150 milhões de euros de custos em cinco projetos onshore (1,1 GW) no norte da Europa, principalmente na Noruega, causados pelas condições adversas das estradas e pela chegada prematura do inverno, que atrasou substancialmente a execução do projeto.

Como resultado, a Siemens Gamesa ajustou a sua meta de rentabilidade em um ponto percentual e espera terminar o ano fiscal com margem EBIT pré-PPA, custos de integração e reestruturação, entre 4,5% e 6%.¹

“Este não foi um trimestre fácil para a Siemens Gamesa. O desempenho financeiro da empresa ficou aquém das expectativas que tínhamos quando estabelecemos nossas metas para o ano. No entanto, este foi um impacto pontual e não esperamos que se repita em trimestres futuros, uma vez que estamos tomando as medidas necessárias. Reforçamos a análise de risco para assegurar que a execução do projeto está no caminho certo e também vamos fortalecer o nosso sistema de controle interno para evitar que se repita”, disse Markus Tacke, CEO da Siemens Gamesa.

“Os resultados também indicaram as oportunidades a longo prazo para a energia eólica e para a Siemens Gamesa. Estamos em uma indústria com enorme potencial e aproveitamos esse cenário com uma intensa atividade comercial, que resultou em uma carteira de encomendas recorde. Além disso, a aquisição de ativos estratégicos da Senvion impulsionará nosso negócio de serviços, onde as margens são maiores”, acrescentou Tacke.

 

Forte atividade comercial

A atividade comercial aumentou significativamente no segmento offshore, com a entrada de encomendas nos últimos doze meses duplicando para 3.343 MW. Desse valor, 1.279 MW foram assinados no primeiro trimestre. A Siemens Gamesa é claramente líder neste segmento com um pipeline de projetos que totaliza 9,6 GW.²

A unidade de negócios Onshore também registrou atividade comercial muito positiva, com a entrada de demandas subindo 8,1% para 2,6 GW. A China (18%) e o Canadá (16%) foram as principais fontes de encomendas no trimestre. Além disso, quase metade das compras foram para os novos modelos de turbinas de mais de 4 MW.

A unidade de negócios de Serviços atingiu um nível extraordinário de atividade comercial, com a entrada de demandas a atingir 1.470 milhões de euros no 1º Trimestre do ano fiscal 2020, quatro vezes o valor do 1º Trimestre do ano fiscal de 2019. Esta unidade de negócios, que tem contratos muito rentáveis, representa 46% da carteira de demandas da empresa.

Vendas estáveis e balanço sólido

Entre Outubro e Dezembro, a Siemens Gamesa garantiu 2.001 milhões de euros em receitas (-12%), em linha com a orientação para o ano inteiro (10.200 milhões de euros – 10.600 milhões de euros).

A empresa continua focada em manter um balanço sólido. Em 31 de Dezembro, a empresa tinha uma posição líquida de caixa de 175 milhões de euros. Além disso, a Siemens Gamesa introduziu critérios de sustentabilidade em toda a sua cadeia de financiamento.

Perspectivas de longo prazo

Como evidenciado pelos números de pedidos e acúmulo de pedidos, a demanda por energia eólica é maior do que nunca. O GWEC estima que as instalações globais de energia eólica aumentem de 51 GW por ano em 2018 para 130 GW por ano em 2040.

Apesar da situação atual, a Siemens Gamesa está solidamente posicionada para se beneficiar do potencial da energia eólica e garantir o sucesso a longo prazo. A empresa agendou um Dia do Mercado de Capitais para 6 de maio, quando fornecerá mais detalhes da estratégia da empresa para os próximos anos.


¹ A orientação exclui o impacto da aquisição de ativos selecionados da Senvion e qualquer impacto da mudança na composição da base acionária da SGRE.
² O pipeline inclui acordos de fornecimento preferencial e encomendas condicionais que não fazem parte do backlog da SGRE Offshore.

Comentários

Deixe uma mensagem