Empírica Investimentos lança primeiro FIDC voltado à ativos de Energia Solar do Brasil

fev, 2020

Gestora espera viabilizar mais de R$ 150 milhões em contratos somente no primeiro ano 

Com o propósito de democratizar o acesso a geração de  energia com sistema solar próprio, a Empírica Investimentos acaba de lançar o primeiro FIDC (Fundo de Investimento em Direitos Creditórios) voltado para o mercado de energia solar do Brasil. Em parceria com a Insole, fintech que financia soluções em energia solar fotovoltaica, os direitos creditórios cedidos ao FIDC, tanto lastreados em CCBs quanto em Contratos de Aluguel de Equipamentos, terão prazo máximo de pagamento de até cinco anos e a expectativa é que sejam viabilizados mais de R$ 150 milhões de contratos somente no primeiro ano.

Segundo Giuliano Longo, sócio-diretor da Empírica, neste primeiro momento serão cedidos ao FIDC apenas contratos firmados junto a Pessoas Jurídicas (Comercial e Industrial). “Posteriormente, será analisado pelo gestor e pelos investidores do fundo a aceitação de contratos firmados junto a Pessoas Físicas (residencial)”, explica. E completa: “Somos pioneiros na estruturação e gestão de fundos em diferentes nichos e estamos confiantes com essa nova parceria com a Insole no setor de energia solar”.

O mercado de energias sustentáveis tem um grande potencial e perspectiva de crescimento nos próximos anos globalmente. O Brasil ainda possui uma das melhores condições no mundo para geração de energia solar e teve um crescimento de mais de 300% no setor apenas em 2018. A aposta nessa tendência, além de gerar uma energia limpa e renovável, ainda reduz gastos.

“Estamos nos tornando referência em crédito para o mercado de geração distribuída e, de forma inovadora, conseguimos substituir o gasto mensal com a conta de energia elétrica por investimentos, desta forma fazemos com que mais clientes gerem a sua própria energia de forma sustentável”, afirma Ananias Gomes, CEO e fundador da Insole. “O FIDC Empírica Insole Energia Solar surge como uma fonte alternativa de financiamento. Com isso, decidimos ampliar nossas fontes de funding com uma proposta inovadora e complementar ao funding de nossas instituições financeiras parceiras. A iniciativa expande o modelo de negócio da Insole para acelerar o crescimento nos próximos anos e permite aos investidores institucionais acessar uma nova classe de ativos financeiros caraterizada por prazos longos”, completa Gomes.

Atualmente, a Empírica Investimentos detém cerca de R$ 2,5 bilhões de ativos sob gestão e mais de 25 FIDCs, sendo uma das primeiras gestoras a estruturar e gerir fundos para fintechs, como Creditas, BizCapital, Noverde e A55. A empresa também possui outros FIDCs nos setores imobiliário, saúde, meios de pagamentos, telefonia, infraestrutura, entre outros.

Comentários

Deixe uma mensagem