Dez anos do Brazil Wind Power

jun, 2019

Por Elbia Gannoum*

 

Estamos em um mês de muitas comemorações! Além dos 15 GWs e de sermos hoje a segunda fonte da matriz elétrica, estamos agora comemorando os 10 anos do Brazil Wind Power. Neste ano, pela primeira vez, o evento será realizado em São Paulo, de 28 a 30 de maio. E serão três dias de discussões fundamentais para o setor.

Bons ventos para um planeta mais sustentável; o futuro e suas inovações para energia; as experiências das empresas do setor que estão expandindo as fronteiras do conhecimento da energia eólica e do próprio setor elétrico; a importância de se investir em pesquisa e desenvolvimento e a imprescindível necessidade de tratar a natureza com mais respeito e protegê-la. Estas são algumas das discussões programadas para o BWP 2019.

Preparamos a grade de discussões deste ano com a preocupação de olhar de frente para um futuro que chega cada vez mais rápido e que significará profundas mudanças no setor elétrico brasileiro e enormes desafios para todos nós, exigindo diversidade de saberes e de opiniões e muito diálogo. Entendemos que o setor de energia eólica, que já abastece mensalmente, em média, cerca de 80 milhões de pessoas, tem um papel fundamental na construção do futuro do setor elétrico e no enfrentamento dos desafios tecnológicos que virão.

Quem for ao evento, também encontrará no stand da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) os principais e mais recentes dados do setor. O Brasil tem hoje mais de 15 GW de capacidade instalada, 7.500 aerogeradores, em 602 parques eólicos, em 12 Estados. Considerando leilões já realizados e contratos firmados no mercado livre, o Brasil terá cerca de 19,4 GW de capacidade eólica instalada até 2023. Novos leilões e novos contratos no mercado devem aumentar os números projetados consideravelmente. E sempre é bom lembrar que teremos dois leilões em 2019.

Outra novidade a ser apresentada pela ABEEólica será um vídeo feito como realidade virtual, que apresentará os principais dados do setor e que, depois do BWP 2019, ficará disponível no YouTube 360, onde poderá ser assistido com interação do usuário que poderão passear pelas imagens em todas as direções, explorando diversas visões de fábricas de pás, aerogeradores, parques eólicos e até na parte de cima de um aerogerador.

Termino reforçando que acreditamos na importância da diversidade de saberes e de opiniões como algo fundamental para este futuro inovador, motivo pelo qual este momento de realização do Brazil Wind Power é sempre muito especial para o setor por todas as discussões que serão realizadas e que devem impactar o setor.

 

Elbia Gannoum é presidente executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Comentários

Deixe uma mensagem