Crescimento da geração de energia solar no Brasil motiva entrada da Engerey nesse mercado

nov, 2019

Mercado de energia solar deve crescer 44% no Brasil até o final deste ano. Por esse motivo, empresa curitibana passa a fabricar quadros elétricos destinados ao setor

A empresa curitibana Engerey passa a oferecer para o setor industrial de todo o Brasil quadros elétricos destinados à proteção e distribuição da energia gerada a partir de fontes renováveis, como a solar. Esse mercado tem crescido em ritmo acelerado, só nos últimos dois anos o número de unidades solares aumentou de 7 mil para 49 mil. 

“Estamos com uma grande expectativa para esse mercado, pois está crescendo muito e tem tudo para dar certo. Já estamos recebendo muita procura de quadros elétricos de proteção e distribuição por parte de empresas especializadas em instalação e comercialização das placas solares, porque essa é a tendência pra um planeta mais sustentável e eficiente”, declara Fábio Amaral, Engenheiro Eletricista e Diretor da Engerey.

A energia solar, hoje, representa apenas 1,2% da matriz energética brasileira, mas a previsão é de que até o final deste ano haja um crescimento de 44% na geração desse tipo de energia no país, de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Esse aumento deve-se ao grande interesse em utilizar fontes de energia renováveis, garantindo o desenvolvimento sustentável, que, além de preservar a natureza, gera economia. Além disso, instituições que se preocupam e investem nesse tipo de desenvolvimento, criam uma boa imagem para suas marcas.

A Engerey fabrica há mais de 15 anos quadros elétricos variados destinados ao setor industrial e agora está produzindo também quadros com foco em indústrias que utilizam ou pretendem utilizar energia solar

Esses quadros elétricos realizam principalmente a proteção e a distribuição da energia produzida por placas solares em sistemas que se destinam ao setor industrial. Em sua composição técnica, estão dispostos disjuntores de distribuição de dispositivos de proteção contra surtos elétricos, os DPS. 

“Estes quadros distribuem a energia gerada pelas placas solares para as cargas que se encontram dentro da planta industrial”, explica Fábio Amaral. 

Segundo Amaral, a Engerey está iniciando a entrada no mercado com a abertura de contatos e parcerias com empresas de instalação e de projetos de sistemas fotovoltaicos. 

Comentários

Deixe uma mensagem