Confiança da indústria eletroeletrônica permanece no menor patamar da série histórica

Maio, 2020

Segundo a ABINEE, resultado reflete incertezas quanto à revolução da pandemia

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, conforme dados da CNI agregados pela Abinee, registrou 33,6 pontos no mês de maio de 2020. Esse resultado foi 1 ponto acima do verificado em abril (32,6 pontos), porém permaneceu no menor patamar da série histórica iniciada em janeiro de 2010, mostrando o pessimismo do empresário.

Destaca-se que o leve incremento verificado em maio ocorreu após duas fortes reduções consecutivas, que juntas somaram 29,7 pontos. Ressalta-se também que o resultado do ICEI ficou 19,8 pontos abaixo do observado em maio de 2019 (53,4 pontos).

“Existem muitas incertezas quanto à evolução da pandemia. Não se sabe a duração e a intensidade das medidas de isolamento social até que seja possível realizar o retorno de uma forma segura”, afirma o presidente da Abinee, Humberto Barbato. Segundo ele, essa situação continua causando muita preocupação para os empresários, inibindo novos investimentos, o que agrava ainda mais a crise econômica.

O ICEI varia de 0 a 100 pontos, sendo que valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário industrial e abaixo de 50 pontos mostram falta de confiança.

Comentários

Deixe uma mensagem