Brasil terá novo laboratório para medir eficiência de módulos fotovoltaicos

out, 2019

Uma parceria entre o Cepel e a Petrobras, o LabSol poderá ensaiar qualquer módulo fotovoltaico comercial existente no mercado

O Centro de Pesquisas de Energia Elétrica – Cepel, maior centro de pesquisas em energia da América Latina, vai inaugurar, no próximo dia 25, o Laboratório de Sistemas Fotovoltaicos – Simulador Solar. O LabSol é resultado de uma parceria com a Petrobras e diferencia-se dos demais laboratórios do gênero no Brasil pelo fato de seu simulador solar ter a maior área útil de ensaio existente no país (3x 3 metros de área iluminada), podendo atender a todos os módulos fotovoltaicos comerciais existentes. Além disso, o equipamento possui a melhor classe de exatidão do mercado mundial (A+A+A+), assegurando alta confiabilidade aos ensaios.

A cerimônia de inauguração do LabSol contará com a presença de representantes do Ministério de Minas e Energia (MME); do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC); do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior; do diretor de Transmissão da Eletrobras e presidente do Conselho Deliberativo do Cepel, Marcio Szechtman;  do gerente da Área de Eficiência Energética do Cenpes/Petrobras Alexandre de Figueiredo Costa; da presidente do Inmetro, Angela Flores Furtado; dos diretores do Cepel Amilcar Guerreiro, Raul Balbi Sollero e Aracilba da Rocha, dentre outras autoridades e executivos.

Na condição de Associado Especial do Cepel, a Petrobras investiu cerca de um milhão de reais no LabSol para a compra do simulador solar. O Cepel aportou recursos da ordem de R$ 300 mil para obras e infraestrutura do laboratório, que está capacitado a executar projetos de P&D e a realizar ensaios exigidos pelo Inmetro para atender ao Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE). O  primeiro projeto de P&D tem como cliente a Petrobras e vai avaliar a degradação de centenas de módulos fotovoltaicos instalados em diversos locais do Brasil.

“Com o crescimento da energia fotovoltaica no país, são necessários dados brasileiros de desempenho e degradação dos geradores fotovoltaicos, para que se possa, além de estimar com maior precisão a energia gerada pelas plantas ao longo de sua vida útil, elaborar procedimentos de manutenção tropicalizados e, até mesmo, subsidiar o desenvolvimento de tecnologias mais adequadas ao nosso clima”,  ressalta Amilcar Guerreiro.

Ao longo de sua vida útil, o módulo fotovoltaico sofre uma degradação progressiva, causando uma perda de eficiência, que é a relação entre a energia solar incidente sobre o módulo e a energia elétrica efetivamente produzida por ele. Desta forma, é muito importante conhecer a evolução da eficiência dos geradores fotovoltaicos, para uma estimativa mais precisa do retorno do investimento na implantação de um sistema de geração solar.

Simulador solar

O simulador solar é um equipamento que fornece iluminação com as mesmas características da luz solar natural, funcionando como instalação de teste abrigada, em condições controláveis. Com isto, é possível avaliar, com grande precisão a eficiência, curva de potência e outras grandezas elétricas de módulos fotovoltaicos.

Serviço

Inauguração do Laboratório de Sistemas Fotovoltaicos – Simulador Solar

Dia 25 de outubro, às 10 horas

Cepel – Avenida Horácio Macedo, 354, Cidade Universitária – Rio de Janeiro (RJ)

Comentários

Deixe uma mensagem