BID doará R$ 2 milhões para projetos de energia solar e resíduos sólidos urbanos

set, 2017

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Energia e Mineração, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) firmaram um convênio de cooperação técnica no valor de 600 mil dólares, aproximadamente 2 milhões de reais, para desenvolver ações de geração distribuída com foco em energia solar e na utilização de resíduos sólidos urbanos na produção de eletricidade.

O valor será aportado a fundo perdido pelo Banco por meio da Iniciativa de Qualidade de Infraestrutura do Japão e terá duração de três anos para aplicação nos projetos que serão acordados entre a Secretaria e o BID.

O programa prevê a contratação de estudos e serviços de consultoria para avaliação do potencial de uso de energia fotovoltaica em geração distribuída em edifícios públicos e desenvolvimento de sistemas solares fotovoltaicos em geração distribuída.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: