As novidades vistas no ILPS

maio, 2016

Edição 123 – Abril de 2016
Por Jobson Modena

 

O III International Lightning Protection Symposyum (ILPS) terminou ontem, no dia 22 de abril de 2016, na cidade do Porto, em Portugal, com muita troca de informação e várias novidades em relação à proteção contra descargas atmosféricas. É claro que tudo tem o seu tempo, por exemplo, as normas IEC publicadas em 2010 foram a base da nossa ABNT 5419:2015, portanto, não há motivo para desespero com as informações a seguir.

Com o que se viu por aqui ficou definitivamente garantida a publicação do relatório técnico de conduta de pessoas para aumentar sua proteção em áreas abertas. Ainda é preciso definir a publicação, uma vez que esse documento é um guia de como se deve agir para minimizar riscos e, portanto, não deverá ter status de norma. Além disso, cresceu a necessidade de se normalizar os detectores/anunciadores de raio no Brasil, prática já largamente difundida na Europa.

 

Viu-se também que o conteúdo da parte 3 está sendo significativamente alterado, incluindo o aumento do range do nível de proteção, o que altera o cálculo dos parâmetros da PDA, por exemplo, o raio da esfera rolante. Está sendo dada atenção especial ao trabalho de melhorar a definição do parâmetro l na equação que calcula a distância de segurança S. E assim vai, mas como mencionado: nada de alarme, ainda há muito trabalho e verificação cientifica a serem feitos antes desses parâmetros serem considerados no Brasil.

 

Fechando as malas, me preparando para regressar ao Brasil com tudo para o Circuito Nacional do Setor Elétrico (CINASE-BH) e acabo de perceber que quando os leitores tiverem contato com estas palavras, as mesmas já serão história contada.

 

Saudações a todos!

Comentários

Deixe uma mensagem