Artigo: sua casa precisa de cuidados!

jan, 2020

Proteja quem você ama e suas conquistas renovando instalações elétricas da casa

O corpo humano emite sinais quando algo não está bem com ele. Uma febre alta ou uma forte dor de cabeça, se ignorados, vão se agravando em sintomas cada vez mais incômodos a ponto de nos levar a buscar auxílio médico.

O corpo humano precisa de cuidados regulares como alimentação balanceada e prática de exercícios físicos para se manter eficaz. A prevenção se faz tão ou mais importante quanto o tratamento de uma doença, pois evita o adoecimento com facilidade.

Sua casa não é tão diferente de você. Ela pode não falar nem expressar sentimentos, mas aspira cuidados de prevenção e manutenção como também emites sinais de que algo não vai bem. Ignorá-los pode causar acidentes tão graves quanto as doenças.

Se você convive com o desligamento de disjuntores, aumento na conta de eletricidade sem justificativa, curtos-circuitos e até a queima de aparelhos elétricos, saiba que esses são os indícios mais comuns de problemas nas instalações elétricas.

Realizar o Retrofit das instalações elétricas revitaliza um dos elementos mais fundamentais para a segurança de um imóvel, independentemente do seu tipo de ocupação – residencial ou comercial. Por mais robusta que seja a estrutura, um imóvel nunca estará seguro se estiver defasado.

A metodologia consiste na readequação das instalações mantendo a estrutura original da construção, mas acrescentando novas tecnologias em materiais e equipamentos. Por isso, é uma muito utilizada para modernizar edifícios tombados sem prejuízo ao patrimônio histórico e cultural.

O Retrofit, no entanto, não deve ficar restrito aos museus. Ele está ao alcance de todos por meio de profissionais capacitados e é essencial para reduzir a enorme defasagem de milhões de casas e apartamentos espalhados pelo Brasil.

Segundo o “Raio-X das Instalações Elétricas”, publicado em 2017 pela Abracopel em parceria com a Procobre (Instituto Brasileiro do Cobre), cerca de 60% das moradias com idade média de 20 anos nunca haviam passado por uma reforma.

Lamentavelmente, a realidade brasileira ainda nos impõe péssimos hábitos como o improviso, o famoso ‘jeitinho’, que por certo resultam em atitudes irresponsáveis – e até criminosas – quando se fala de elétrica.

A renovação de condutores e dispositivos não só vai tornar nossas casas e locais de trabalho mais seguros, como também mais eficientes, pois agregam melhorias em funcionalidade e desempenho que tornam o consumo de energia mais eficiente e econômico.

Não há desculpa: temos os produtos, a mão-de-obra qualificada e uma série de normas e regulamentações atualizadas a nos guiar. Não se pode medir esforços e recursos para evitar perdas que nenhum seguro será capaz de cobrir.

Lembre-se: para manter a sua casa e família seguros, é importante:

  • Atentar-se a sinais como o aumento subido da conta de energia, desarme contínuo dos disjuntores ou a queima repentina de lâmpadas e aparelhos;
  • Contratar profissionais capacitados para verificação e manutenção das instalações elétricas;
  • Eliminar e evitar improvisações (as famosas ‘gambiarras’) nas instalações como emendas e adaptadores.

Quer saber mais sobre Retrofit? Convidamos você a conferir a websérie sobre o tema desenvolvido pelo STECK e o professor Hilton Moreno: www.youtube.com/watch?v=Xalo7j_ebWU&t=5s

Ricardo Martuchi, especialista de produtos da STECK Indústria Elétrica

 

Comentários

Deixe uma mensagem