A Importância da Qualidade do LED

jul, 2019

O aumento da procura por iluminação LED fez com que surgissem diversas empresas especializadas em produzir e comercializar lâmpadas, luminárias e refletores com tecnologia LED. Esse fato tornou o mercado mais competitivo e fez com que os preços dos produtos caissem. Porém é preciso ficar atento não somente ao valor, mas também à qualidade do produto, evitando assim problemas num futuro muitas vezes mais próximo do que gostaríamos.

Um LED de boa qualidade pode durar muito tempo, podendo chegar até oitenta mil horas, sem que haja qualquer manutenção, entretanto para que isso seja válido, ele precisa de uma boa dissipação de calor, sejam em lâmpadas, luminárias ou refletores, pois sem essa dissipação adequada, a vida útil prometida pelo fabricante não será cumprida, gerando um custo de recompra desnecessário.

Além de observar a qualidade dos dissipadores de calor, é de extrema importância avaliar outra característica dos LEDs: O fluxo luminoso. Diferente do que acontecia no passado quando procurávamos lâmpadas de maior potência, caso quiséssemos uma melhor iluminação, para o LED nem sempre a maior potência é sinônimo de maior nível de luminosidade. Isso se deve ao fato da existência de várias marcas no mercado com diferentes qualidades. Essa característica é essencial para equalização de propostas técnicas e comerciais, quando falamos de luminárias e refletores. Já para as lâmpadas, a Portaria nº 144/2015 do Inmetro veio para estabelecer níveis mínimos de eficiência luminosa, reduzindo assim a chance de comprarmos produtos com qualidade inferior à prometida pelo fabricante.

 Para efeitos comparativos, analisemos a tabela comparativa abaixo, onde mostram duas marcas de refletores LED:

 

MARCA POTÊNCIA FLUXO LUMINOSO CUSTO R$¹
X 150W 11.500 lúmens R$ 500,00
X 100W 7.500 lúmens R$ 350,00
Y 150W 16.500 lúmens R$ 650,00
Y 100W 11.500 lúmens R$ 450,00

 

1 – Valor ilustrativo

Note que optando pelo refletor de 100W da marca Y, manteremos o mesmo fluxo luminoso do refletor de 150W da marca X e estaremos economizando 50W de potência, além de economizar na aquisição do produto.

Tendo como base esses argumentos, podemos perceber que na grande maioria das vezes o velho ditado “O barato sai caro” é totalmente válido quando nos referimos às luminárias e refletores de LED.

 

Não compre produtos com tecnologia LED pela potência (Watts), mas sim pela eficiência luminosa (Lumens/Watts).

Comentários

Deixe uma mensagem