A importância do projeto luminotécnico

fev, 2021

Iluminação interna x externa

Iniciando o ano de 2021, após os desafios que o ano de 2020 apresentou, fizemos um resumo das lições aprendidas e do tempo que tivemos que nos concentrar no ano passado refazendo planejamento e adequações em diversas áreas. Planejar e projetar a luz é o que devemos fazer normalmente e pudemos nos concentrar mais em maneiras de como fazer este trabalho da melhor forma e sermos mais efetivos para qualificar cada vez mais a iluminação. Nos projetos de iluminação interna, cada vez mais, o projeto luminotécnico faz a diferença para entregar a quantidade e a qualidade da luz com o foco no ser humano, na necessidade de luz para cada atividade e no bem-estar no trabalho e nas residências. No âmbito interno, também devemos avaliar cada vez mais os contrastes, a iluminação vertical bem como as luminâncias envolvidas. Para as áreas externas e para as cidades em termos de melhoria da iluminação pública, tanto quanto para obras de infraestrutura, também se investe cada vez mais na aplicação de um bom projeto de iluminação.

Parcerias Público-Privadas

Para  as PPPs de iluminação, o planejamento prévio e o projeto luminotécnico são fundamentais para o sucesso de todo o contrato de concessão. Um bom projeto e uma avaliação prévia mais detalhada podem dar mais segurança e confiabilidade para o investimento necessário para atendimento dos requisitos do Edital. Na fase de operação da concessão, antes do projeto luminotécnico é necessário um levantamento ainda mais preciso e detalhado das condições reais da instalação de iluminação atual e onde serão instalados os novos equipamentos. Para isto se faz necessário o estabelecimento de uma metodologia de coleta de dados e tratamento dos mesmos para que sejam utilizados pelos projetistas. Avaliar não somente o espaçamento dos postes de larguras de vias e calçadas, mas todo o ambiente levando em consideração altura de montagem, avanço e ângulo do braço bem como suas características de padronização, condições de instalação, características do piso e diversos outros itens. Isto garantirá a precisão do projeto luminotécnico e que o que foi projetado, quando instalado seja real.

Projetos Luminotécnicos

Para a avaliação e execução do projeto, além do uso de arquivos fotométricos com medidas e levantamento feito em goniofotômetro adequado, as informações darão condições do   projetista   estabelecer as melhores condições de instalação e ganhos adicionais com o projeto. Escolhendo as fotometrias e características de distribuição da luz que forem mais adequadas para cada situação de classificação de vias e condições de instalação. O uso do critério de densidade de potência por tipo de via e o parâmetro de indicador de consumo anual de energia que são parte dos indicadores de eficiência energética da instalação na revisão da ABNT NBR 5101, que deve ser publicada durante o ano de 2021, trazem a oportunidade de desenvolvermos novos critérios de avaliação dos projetos luminotécnicos e que o projetista pense no sistema de iluminação como um todo e não somente em termos quantitativos de níveis de iluminância.

Evoluindo…

A evolução das funcionalidades e automação dos levantamentos para fins de projeto, bem como a utilização de ferramentas como softwares customizados e integração dos sistemas, deve fazer parte do futuro dos projetos luminotécnicos, tornado o ato de projetar iluminação em uma atividade mais complexa e integrada, tendo também o compromisso com os resultados do projeto durante todo tempo de uso da instalação de iluminação. O projeto luminotécnico se torna cada vez mais importante como esta ferramenta que vai fazer a correta ligação entre uma ideia, definida durante o processo de criação e alcance do objetivo de melhor iluminação e economia de energia gerando o resultado final esperado.

Comentários

Deixe uma mensagem