Um novo desafio à frente

set, 2012

Edição 79 – Setembro de 2012

Por Juliana Iwashita Kawasaki

A cada mês venho procurado escrever nesta coluna textos sobre novidades, tecnologias e tendências do setor de iluminação e eficiência energética. Neste sentido, não poderia deixar de compartilhar neste espaço o meu mais novo desafio profissional: o nascimento de um projeto inovador para o setor de iluminação.

 

Visando elevar tecnicamente o mercado de iluminação e energia, idealizei a EXPER Soluções Luminotécnicas, empresa que tem como missão gerar soluções de iluminação por meio da prestação de serviços especializados de ensaios laboratoriais, projetos e consultorias voltadas a eficiência energética, a pesquisas e desenvolvimentos, bem como treinamentos para elevar a capacitação do setor de iluminação.

 

A ideia inicial, a princípio utópica, ganhou o apoio de empresas do segmento e tornou-se realidade para todo o mercado de iluminação. Assim, a EXPER iniciou suas atividades em agosto deste ano, com a missão de elevar o nível técnico dos produtos e dos profissionais de iluminação, por meio de testes normalizados em equipamentos, com a realização de ensaios fotométricos em luminárias e Leds, medições elétricas em lâmpadas e reatores, atendendo às exigências de ensaios de segurança e desempenho de produtos de iluminação e capacitando e treinando projetistas, arquitetos e engenheiros.

Equipada com um moderno laboratório fotométrico, a EXPER disponibiliza a fabricantes de luminárias públicas e de uso interno a elaboração de importantes ensaios durante a fase de desenvolvimento e/ou avaliação final do produto, tais como estudos fotométricos em goniofotômetro de medição direta para medição da curva de distribuição luminosa e disponibilização de arquivos IES para cálculo luminotécnico (Figura 1). Dispõe ainda de duas esferas integradoras de Ulbricht, de 2 m e 0,30 m de diâmetro, para medição de grandezas fotométricas de lâmpadas, luminárias e Leds, como fluxo luminoso, temperatura de cor, índice de reprodução de cor, eficácia luminosa (lm/W), coordenada cromática, entre outros (Figura 2).

Fabricantes e importadores de luminárias podem ainda ter seus produtos testados conforme os testes mecânicos, elétricos e térmicos definidos nas normas ABNT NBR IEC 60.598: Luminárias, requisitos gerais e as demais normas particulares. Dentre os principais ensaios podem-se elencar a determinação do IP da luminária, grau de proteção contra partículas sólidas e líquidas, ensaios de durabilidade, operação normal e operação anormal, resistência de isolamento e rigidez dielétrica.

O laboratório cumpre um papel muito significativo, principalmente neste momento, em que o Inmetro objetiva tornar compulsória a certificação de luminárias públicas a descarga e a Leds. A EXPER tem como objetivo tornar-se acreditado pelo Inmetro para realização dos ensaios requeridos para a futura certificação de produto, auxiliando dessa forma a seleção de produtos de melhor qualidade e elevando o nível técnico do setor.

Com este mesmo objetivo, a EXPER em breve estará promovendo treinamentos para atualização técnica do setor, com a presença de diversos especialistas em luminotécnica, visando a abranger de forma prática os conceitos de luminotécnica, as novas tecnologias e tendências de iluminação, atualizações normativas, ferramentas para elaboração de projetos e fundamentos para as diversas aplicações.

Para mais detalhes e contatos visite o site www.expersolution.com.br

Figura 1 – Goniofotômetro de medição direta.

Figura 2 – Esferas de Ulbricht.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: