Subitem 10.100

jun, 2014

Edição 100 – Maio de 2014
Por João José Barrico de Souza 

A NR 10 tem mesmo 99 subitens, dois anexos e um glossário, e já tratamos disso aqui, de uma considerável quantidade de assuntos dentro dos 99.

Neste mês, no entanto, vou tomar a liberdade de criar o subitem 100 como uma forma de comemorar a centésima edição da revista O Setor Elétrico, que abriga essa nossa coluna, e ao mesmo tempo, comentar aspectos que os 99 subitens não abarcam.

10.100.1 – Estar incluído entre os colaboradores da revista é, sem dúvida, uma honra. Acabamos formando uma comunidade de amigos e, mesmo sem nos ver frequentemente, sentimos a presença positiva dos demais, reunidos mensal e impreterivelmente pela editora, com seus e-mails, cobrando nossos artigos (e aceitando nossas desculpas).

10.100.2 – Ser reconhecido pela leitura da coluna, mesmo tratando assuntos por vezes polêmicos, é extremamente gratificante e, confesso, alimenta a nossa vaidade.

10.100.3 – Receber um e-mail concordando ou discordando, colaborando ou acrescentando um ponto de vista ou aspecto diferente, é muito bom, cria motivos para expandir as ideias e as propostas, bem como para divulgar a um público interessado os questionamentos do leitor, seleto e qualificado, que dessa forma participa da evolução do tema, no caso, a segurança com eletricidade.

10.100.4 – Mencionar no currículo “colunista da revista O Setor Elétrico” faz uma diferença (mesmo para quem já se aposentou e não está procurando emprego). É cartão de visita.

10.100.5 – Nas 99 edições antecedentes, é difícil encontrar um assunto menos interessante ou menos importante, até porque a revista, mesmo sem perder seu foco, dirigindo-se a um público seleto, opera em um campo extremamente vasto e tem como objetivo abordar os vários assuntos de interesse de toda a gama de leitores. Percebe-se, no entanto, a procura por selecionar artigos (além das colunas) que tratem de temas práticos, aplicáveis à realidade. E nesta seleção está um dos grandes diferenciais.

10.100.6 – Olhando as revistas na prateleira, consigo ver que, a cada edição, elas estão “mais fortinhas”, com mais folhas e mais conteúdo, indicando que por trás desse crescimento existe um grupo de pessoas que não escreve artigos, não escreve colunas, que nem mesmo tem espaço na revista, mas é responsável direto pelo sucesso alcançado.

10.100.7 – A todos os envolvidos, nossos leitores, que dedicam seu tempo para nos ler, a grande estrutura necessária para viabilizar a revista, editoração, coordenações, administração, apoiadores, anunciantes, anônimos e também à direção que coordena toda a máquina, é hora de receber nossos parabéns pela edição número 100.

Comentários

Deixe uma mensagem