SNPTEE: produção e transmissão de energia elétrica

maio, 2010

O Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica é um dos mais importantes eventos do setor elétrico brasileiro e reúne, a cada dois anos, relevantes agentes da área de energia elétrica, incluindo fornecedores, geradores, transmissores, distribuidores, mídia, além de profissionais, cientistas, acadêmicos e especialistas. Nesse encontro, é discutido o estado da arte de diversos segmentos de estudo da energia elétrica em sessões técnicas específicas.

A 20ª edição do Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (XX SNPTEE) foi realizada no período de 22 a 25 de novembro de 2009, no Recife, coordenada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e promovida pelo Cigré-Brasil.

O evento reuniu os maiores especialistas divididos em 15 grupos de trabalho: geração hidráulica; produção térmica e fontes não convencionais; linhas de transmissão; análise e técnicas de sistemas de potência; proteção, medição, controle e automação em sistemas de potência; comercialização, economia e regulação de energia elétrica; planejamento de sistemas elétricos; subestações e equipamentos de alta tensão; operação de sistemas elétricos; desempenho de sistemas elétricos; impactos ambientais; aspectos técnicos e gerenciais de manutenção em instalações elétricas; transformadores, reatores, materiais e tecnologias emergentes; eficiência energética e gestão da tecnologia, da inovação e da educação; e sistemas de informação e telecomunicação para sistemas elétricos.

O evento foi aberto no domingo, dia 22 de novembro, com discursos do presidente do Cigré-Brasil, José Henrique Machado Fernandes; do secretário de energia elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Josias Matos de Araújo; do presidente da Eletrobras, José Antônio Muniz Lopes; do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp; do presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, do Secretário de Energia de Pernambuco, João Bosco de Almeida, além do presidente da Chesf, Dilton da Conti.

A abertura contou, ainda, com a apresentação do espetáculo de música e dança “Pernambuco para Você”, do maestro Spok, que mostrou a diversidade cultural do Estado: maracatu, forró, caboclinho, frevo, entre outros ritmos. O happy hour do dia seguinte foi realizada no Instituto Ricardo Brennand, que ficou aberto para que os participantes conhecessem o acervo do museu. A festa de encerramento teve como atração musical Geraldinho Lins.

Na cerimônia oficial de encerramento, realizada na tarde da quarta-feira, no Centro de Convenções de Pernambuco, o coordenador do XX SNPTEE, Antônio Varejão, ressaltou a importância do apoio de toda a diretoria da Chesf para que o evento fosse promovido com sucesso. Ele destacou o alto nível técnico do seminário, o empenho dos chesfianos envolvidos na organização e agradeceu a presença de todos os participantes.

No aspecto técnico, o XX SNPTEE teve como destaque a apresentação de 476 informes técnicos que foram selecionados pela Comissão Técnica a partir de 1.800 resumos que foram submetidos a análise. As discussões técnicas enriqueceram o evento quando se debateu, essencialmente, novas tecnologias, métodos e práticas desenvolvidas nas empresas.

Também se ressalta, no XX SNPTEE, as exposições paralelas, que contou com 65 expositores, entre os quais se destacaram os patrocinadores e as empresas do Grupo Eletrobras (Chesf, Eletronorte, Eletronuclear, Furnas, Eletrosul, AGTEE, Itaipu), BMG, AREVA, COPEL, Andritz Hydro. O XX EXPOSNPTEE caracterizou-se como um ambiente de alto nível, em que as discussões se estendiam após as sessões técnicas.

Além destas, o seminário contou com cinco sessões técnicas especiais, nas quais se desenvolveu importantes debates em temas específicos, destacando-se assuntos associados a telecomunicações, geração hidráulica, geração térmica e desempenho de sistemas.

 

 

Uma das inúmeras sessões técnicas realizadas durante o XX SNPTEE, em Recife (PE).

Comentários

Deixe uma mensagem