Ranking de incidência de descargas

nov, 2009

Edição 38, Março de 2009

Ranking de incidência de descargas por município no Brasil

O Brasil é o país com maior incidência de raios do mundo. A cidade de Guarulhos (SP) é a campeã entre os municípios de nove estados da federação (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás), com 13,23 raios por quilômetro quadro no biênio 2007/2008. As informações são de um estudo, elaborado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que evidenciou um aumento de 102,7% na incidência de raios nos últimos dois anos comparados aos dois anos anteriores. Os resultados do levantamento indicam um aumento significativo na incidência de raios na região analisada no período, com cerca de 3,7 milhões em 2005, 5,8 milhões em 2006, 5,2 milhões em 2007 e 7,5 milhões em 2008.

Foram criados rankings para cada estado individualmente e um ranking geral para os 3.183 municípios que compõem estes estados. Os dados permitem identificar os municípios com maior variação positiva e maior variação negativa na incidência de descargas atmosféricas em comparação aos resultados publicados anteriormente para o biênio 2005-2006.

Em alguns municípios, o aumento na incidência de raios no biênio 2007-2008 relativo ao biênio anterior ultrapassou os 300% (máximo em Guarapari (ES), de 335%) enquanto em outros houve diminuição de pouco mais de 70% (mínimo em Mundo Novo (GO) de -71%). Nas grandes cidades da região pesquisada, as variações foram menos acentuadas, com aumentos em São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Goiânia, e diminuição em Curitiba e Rio de Janeiro.

Os dados de descargas atmosféricas foram obtidos pela Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas (BrasilDAT), processados e corrigidos por um modelo de eficiência de detecção desenvolvido pelo ELAT, o qual permite corrigir os dados em função do estado de funcionamento dos sensores da rede ao longo do período analisado.

Confira, a seguir, o ranking das 50 primeiras cidades mais atingidas por descargas atmosféricas em 2007/2008. A lista está organizada em ordem decrescente de densidade de descargas atmosféricas, dada em raios/km².ano. Interessados em obter a listagem completa do ranking, acessem www.inpe.br/ranking ou a solicitem pelo e-mail redacao@atitudeeditorial.com.br.

 

Comentários

Deixe uma mensagem