Quadros, painéis e montadores

maio, 2015

Edição 111 – Abril de 2015

Mudança de paradigma

Novas normas da família IEC 61439 deverão transformar o mercado de quadros e painéis elétricos no Brasil. Conceitos atualmente essenciais, como TTA e PTTA, deixarão de existir, cedendo espaço para nova metodologia mais clara. Saiba mais sobre isso e sobre o mercado nacional desses produtos em pesquisa exclusiva publicada a seguir.

O segmento de quadros e painéis elétricos vive a expectativa da publicação das versões brasileiras das novas normas da família IEC 61439. Os documentos, que devem entrar em vigor em 2016, tornarão obsoletos os conceitos – atualmente essenciais para o setor – de painéis totalmente testados (TTA) e painéis parcialmente testados (PTTA). TTA diz respeito aos conjuntos que possuem características idênticas ou sem desvios que possam influenciar seu desempenho, quando comparado a um protótipo aprovado em todos os ensaios. Já PTTA são os conjuntos que apresentam tanto configuração ensaiadas como não ensaiadas, mas cujos “desvios” foram derivados por cálculo, a partir de protótipos ensaiados e aprovados de acordo com a norma.

Esta mudança se tornou premente, conforme especialistas do setor, porque a ideia de PTTA foi corrompida não
somente em âmbito nacional, como mundialmente. A maneira como o texto foi redigido na norma atual vigente, a ABNT NBR IEC 60439-1, permite variadas interpretações, que foram utilizadas por fabricantes, consultores e consumidores, segundo a necessidade e/ou a falta de conhecimento deles. Por exemplo, alguns montadores interpretaram que, para se construir um painel parcialmente testado, bastava realizar parte dos ensaios. O fato, conforme os especialistas, é que a norma permite a extrapolação por cálculo de apenas dois ensaios: de temperatura e de nível do curto-circuito. O que ocorre é muitos fabricantes extrapolarem outros ensaios.

 

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: