Produtos e sistemas de iluminação

set, 2015

Edição 115 – Agosto de 2015

Led será a principal fonte de luz em até cinco anos

A projeção é dos consumidores de produtos e sistemas de iluminação que participaram da pesquisa publicada a seguir. Para os mesmos usuários, a qualidade dos produtos disponíveis no mercado brasileiro é apenas satisfatória.

Que o Led é a iluminação do futuro ninguém duvida, mas na opinião dos consumidores – representados nesta pesquisa por projetistas, instaladores, revendedores e empresas de manutenção e consultoria –, isso deve acontecer em um futuro bastante próximo. Para 50% deles, o Led será a principal fonte de luz em até cinco anos. Para se ter uma ideia, para 94% desses usuários, o Led é a principal lâmpada comprada e/ou especificada, seguida pelas lâmpadas fluorescentes tubulares (71%) e a vapor metálico (65%). As incandescentes perdem cada vez mais mercado, tendo sido citadas por apenas 24% dos pesquisados.

Mesmo com a retração do mercado, 53% dos consumidores estimam investimentos na compra e/ou especificação de produtos e sistemas de iluminação de até R$ 1 milhão neste ano de 2015. 6% deles planejam investir entre R$ 10 milhões e R$ 50 milhões neste segmento. O resultado mostra confiança diante de um mercado que vem sendo afetado pelo cenário econômico negativo atual. Segundo os fabricantes e distribuidores desses produtos, a desaceleração da economia brasileira e o refreamento do setor da construção civil são os principais impeditivos para o crescimento deste setor.

Outro ponto importante desta pesquisa diz respeito à qualidade dos produtos e sistemas disponibilizados no mercado brasileiro. Para a maior parte dos consumidores (71%), a qualidade dos produtos é meramente satisfatória, com notas 6 e 7. Apenas 29% deram notas 8 e 9 a este quesito. Sobre este assunto, a boa notícia é que o Inmetro deverá publicar em breve uma portaria que determina os requisitos para a avaliação da conformidade compulsória de luminárias com lâmpadas de descarga e Led para iluminação pública viária. A medida deve contribuir para a promoção da gestão da segurança energética no país, considerando que estes produtos apresentam requisitos mínimos de desempenho e segurança. O Inmetro deverá publicar a portaria com os requisitos ainda neste ano de 2015. Vale lembrar que, em março deste ano, o Inmetro publicou uma portaria que institui a certificação compulsória para as lâmpadas de Led com dispositivo integrado à base. As empresas fabricantes têm até a data limite de 13 de dezembro de 2015 para adequar seus produtos à nova regulamentação. No que se refere à comercialização, as empresas deverão, a partir de 13 de junho de 2016, já estarem adequadas aos novos produtos, de acordo com a portaria do Inmetro.

 

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: