O Módulo 8 do Prodist já está valendo!

abr, 2017

…e com ele uma nova relação “consumidor-concessionária” se estabelece. O módulo 8, destinado somente a assuntos relacionados a qualidade de energia, começa finalmente a “botar o dedo na ferida” e buscar um caminho de incremento de indicadores de confiabilidade e produtividade de todos.

Ao contrário do que a maioria dos consumidores imagina, as concessionárias também estão muito preocupadas com o fornecimento de energia com qualidade, afinal de contas elas (as concessionarias) também sentem em seus bolsos as consequências das paradas das plantas que deixam de consumir energia até que a planta se restabeleça. Diante desta constatação, uma atitude corajosa e que segue a linha de conduta dos países de primeiro mundo, garante por exemplo que não se discutam mais os valores médios eficazes de tensão de fornecimento, mas por quantos ciclos ocorreu uma interrupção, ou ainda qual a distorção de tensão do barramento, ou ainda o flicker ( tratado como flutuação de tensão pelo documento). Alias a terminologia privilegia a língua portuguesa com a tradução da terminologia internacional e consequente abreviação. Vamos nos acostumando com os termos: “VTCD”, “AMT”, “ETT”, “DTT” e outros mais.

Algumas outras variáveis do documento devem ser discutidas, mas nada como comer o mingau pelas bordas. Fiquem a vontade para se cadastrar no site e contar os seus “causos” relacionados a este assunto.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: