O impacto da audiência na QEE

jun, 2014

Edição 100 – Maio de 2014
Artigo:  QEE
Por André Luis De Grandi, Maria Jovita Siqueira e Natanael Pereira*

Estudo analisa a influência na qualidade da energia elétrica da transmissão do último capítulo da novela “Avenida Brasil” comparada à transmissão da final do Mundial de Clubes da Fifa de 2012.

Eventos televisivos que despertam grande interesse popular, tais como futebol e telenovela, são alvos de atenção especial por parte das distribuidoras e transmissoras de energia elétrica no país, inclusive do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Destacamos que, em 2012, os jogos das finais da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes da Fifa, os quais tinham como finalista um clube com uma das maiores torcidas do país e participando pela primeira vez em toda sua história das finais destes campeonatos: o Sport Clube Corinthians Paulista.

Outro evento de grande repercussão nacional que causou preocupação, inclusive ao ONS, divulgada na mídia falada e escrita, foi o último capítulo da telenovela da Rede Globo de Televisão “Avenida Brasil”. Telenovela esta que teve uma das maiores audiências dos últimos anos, especialmente por retratar a classe C, e que na exibição do último capítulo chegou a ter anúncios de 30 segundos a um preço de R$ 800 mil.

Já é de conhecimento que eventos, como jogos da Seleção Brasileira de futebol, causam impacto para a qualidade da energia elétrica. Vamos avaliar como o sistema de distribuição se comportou frente a estes relevantes eventos destacados em 2012. 

Visando permitir a monitoração contínua dos parâmetros de Qualidade da Energia Elétrica (QEE), os registradores foram instalados de forma fixa no secundário dos transformadores de força da subestação e/ou na saída dos alimentadores primários. Neste caso específico, a medição de qualidade foi realizada na saída do alimentador 1 de 13,8 kV, conforme indicado na Figura 1, localizado na região do Alto Tietê no Estado de São Paulo com cargas predominantemente residenciais, 92%. O medidor de qualidade utilizado nesta campanha permanente de aferição encontra-se homologado pela Universidade Federal de Uberlândia e é recomendado pelo Operador Nacional do Sistema (ONS).

Os resultados obtidos, para cada uma das grandezas elétricas monitoradas, encontram-se destacados a seguir.

Resultado das medições

A primeira grandeza avaliada foi a tensão em regime permanente, a qual se encontrava em conformidade com os limites de tensão adequados previstos no Módulo 8 – Qualidade da Energia Elétrica dos Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional (Prodist). Pode-se visualizar que, para cada um dos dias estudados, a tensão em nenhum momento ultrapassou a faixa de tensão precária ou crítica.

A Figura 3 ilustra o comportamento da corrente fundamental (60 Hz) durante os jogos da 1ª e 2ª finais da Libertadores ocorridos nos dias 27/06/12 e 04/07/12, com início por volta das 21h00, com duração aproximada de 90 minutos, durante o final da novela ‘Avenida Brasil’ no dia 19/10/12 com o início por volta das 21h30 com duração de duas horas, aproximadamente, e durante o jogo da final do Mundial de Clubes da FIFA no dia 16/12/12 com início por volta das 08h00 com duração de 100 minutos de transmissão aproximadamente. Os comportamentos registrados foram comparados com medições durante o respectivo dia da semana registrado em um dia normal que antecedeu cada um destes eventos, visando identificar qual deles foi mais significativo para o sistema de distribuição.

Na Figura 4 pode-se observar, em média, que houve uma redução da corrente fundamental em torno de 15% durante a transmissão do último capítulo da novela, com picos de até 22% de redução. Entretanto, a maior preocupação com a estabilidade do sistema elétrico é em função da rápida retomada de carga após o fim dos grandes eventos televisivos como, por exemplo, no término da novela Avenida Brasil.

No dia 16 de dezembro de 2012, por se tratar de um domingo atípico em função da transmissão da final do mundial de clubes da FIFA, o crescimento da carga ocorreu durante todo o dia ao invés de somente no horário do jogo.

Esta mudança de comportamento da população ocorreu em função de estar envolvido um clube de grande torcida no país, o Sport Clube Corinthians Paulista. A variação máxima da corrente fundamental, nesta data, atingiu 22%, conforme mostra a Figura 4.

Na Figura 5 pode-se observar com mais detalhes o comportamento da carga no dia do final da Avenida Brasil (19-10-2012) comparado a um dia de semana típico correspondente.

O maior pico de carga deste dia ocorreu durante o final da novela, com duração de duas horas.

A concentração do consumo nos primeiros minutos depois do capítulo final de “Avenida Brasil” requereu um rápido equilíbrio entre a demanda e a carga de energia. O rápido crescimento de consumo de energia em um curto período de tempo causou sensibilidade ao sistema de transmissão. De acordo com o ONS, a novela “Avenida Brasil” já atingiu a carga de 4,4 mil megawatts, em julho, o que significou um aumento de consumo equivalente ao Estado do

Paraná ou à cidade do Rio de Janeiro. “É como se a cidade inteira do Rio de Janeiro se acendesse de uma só vez”, explicou o ONS. Os resultados de medição confirmaram a previsão do Operador. De acordo com a Figura 6, houve um acréscimo de 25% no crescimento de carga em apenas dez minutos decorrente da retomada das atividades rotineiras da população. Esta acentuada retomada de carga denominada “rampa de carga” é a principal preocupaçã

o das distribuidoras, transmissoras e do Operador Nacional do Sistema (ONS).

A terceira e quarta grandezas a serem analisadas foram, respectivamente, a Distorção Total de Tensão (DTT%) e a Distorção Total de Corrente (DTI%). As Figuras 7 e 8 ilustram o comportamento da DTT%, ao longo dos quatro eventos, na linha do tempo. Os valores registrados encontraram-se em conformidade com o valor adequado recomendado no módulo 8 do Prodist (DTT = 8%), não ultrapassando em nenhum momento os limites.

 

A maior variação do DTT% foi registrada no final do mundial de clubes da FIFA com picos de até 30%, comparados ao final da Avenida Brasil, de 20%. Entretanto, esta variação ainda é inferior à registrada nos jogos da Copa de 2010 no Brasil, de 40%.

As variações da Distorção Total de Corrente (DTI%) para os quatro eventos são ilustradas nas Figuras 9 e 10, de forma de indicador e de variação percentual, respectivamente.

A Figura 10 apresenta o respectivo resultado de medição, no qual se pode observar uma variação na DTI% de 35% durante o final de Avenida Brasil e de até 40% durante o domingo da Final do Mundial de Clubes, quando comparadas a um dia útil normal, sem transmissão dos eventos.

A Figura 11 apresenta as Distorções Individuais de Tensão (DIT3%, DIT5% e DIT7%) durante a final do Mundial de Clubes, em que se pode observar que a harmônica de quinta ordem é a mais afetada nestas ocasiões, como já era de se esperar devido à grande quantidade de televisores ligados no mesmo horário. Entretanto, os valores aferidos encontraram-se em conformidade com os limites adequados recomendados pelo Módulo 8 do Prodist, ou seja, inferior a 6% (3ª e 5ª harmônica) e de 5% para a 7 harmônica.

A Figura 12 ilustra a variação % da Distorção Individual de Tensão (DIT5%) durante a exibição dos eventos. Percebe-se, que durante o jogo da final Mundial de Clubes, a DIT5% teve variações de 33% em relação a um domingo típico.

Observações finais

Notadamente, a preocupação com eventos televisivos de grande repercussão tem aumentado nos últimos anos e, conforme a análise técnica deste trabalho, se justifica quando olhamos para os efeitos registrados.

Neste trabalho avaliamos quatro eventos televisivos de grande movimentação popular ocorridos em 2012 e percebeu-se que as maiores variações, tanto de carga quanto de indicadores de qualidade, estiveram nos jogos e nos finais da novela. O evento em que houve a maior repercussão nos indicadores DTT% e DTI% foi a final do mundial de clubes da FIFA de 2012, ocorrido em um domingo de dezembro. Os valores atingidos estão próximos aos registrados em jogos da seleção brasileira na Copa do mundo FIFA de 2010. A telenovela Avenida Brasil teve um impressionante acréscimo de carga após o seu término, em que houve uma variação de 25% em apenas dez minutos, devido ao retorno das atividades rotineiras da população, como abrir geladeira, tomar banho, etc. Para o evento do último capítulo da novela Avenida Brasil, o Operador Nacional do Sistema tomou como medida preventiva trabalhar com folgas nas unidades de geração.

A análise nos traz a reflexão sobre as ações preventivas que devemos vislumbrar considerando os próximos eventos de grande repercussão que estão por vir nos anos seguintes, a Copa do Mundo FIFA do Brasil, as Olimpíadas do Brasil e outros.

 


Referências

  • MACEDO Jr, J. R.; GRANDI, A. L. Z.; SIQUEIRA, M. J. V.; CARNEIRO, J. R. V.; RIBEIRO, P. F. “Impacto da transmissão da Copa do Mundo 2010 para a qualidade da energia elétrica nos sistemas de distribuição”. IX CBQEE, 2011.
  • Sitio G1, “ONS reforça sistema elétrico para final de Avenida Brasil”, http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/10/ons-reforca-sistemaeletrico- para-final-de-avenida-brasil.html, acesso em 26/01/2013 às 18:06 h, 2013.
  • Sitio Veja, “Avenida Brasil faturou 1 bilhão de reais em anúncios”, http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/avenida-brasil-faturou-1-bilhao-de-reais-em-anuncios, acesso em 26/01/2013 as 18:06 h, 2013.
  • ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, “Procedimentos de Distribuição – PRODIST”, Módulo 8, Qualidade da Energia Elétrica.
  • GRANDI, L. Z.; CARNEIRO, J. R. V. Caracterização das distorções harmônicas de tensão em circuitos secundários de distribuição, VIII CBQEE, 2009.

 


*André Luis Zago de Grandi é engenheiro eletricista, mestre em Distribuição de Energia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. É engenheiro eletricista da EDP Bandeirante Energia.

Maria Jovita Vilela Siqueira é engenheira eletricista com especialização em conservação de energia elétrica na indústria e em sistemas de energia, com MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. É engenheira da área de qualidade da EDP Bandeirante Energia.

Natanael Pereira é engenheiro eletricista, pós-graduado em Qualidade da Energia em Sistemas Elétricos. Atualmente, é engenheiro eletricista de estudos e projetos da EDP Bandeirante Energia.


 

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: