Inauguração dos laboratórios de instalações elétricas e de instrumentação “Ex” do Senai

nov, 2015

Edição 117 – Outubro de 2015
Por Roberval Bulgarelli

Foram recentemente inaugurados pelo Senai nas cidades de Santos e Mauá, no Estado de São Paulo, os novos Laboratório sobre Instalações Elétricas e de Instrumentação em Atmosferas Explosivas.

Estes dois novos laboratórios de instalações “Ex” contam, cada um, com oito “cabines” de instalações elétricas e de instrumentação “Ex”, para treinamentos teóricos e práticos, onde se encontram instalados diversos equipamentos elétricos e de instrumentação, com diversos tipos de proteção “Ex” adequados para instalação em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou de poeiras combustíveis.

Dentre os tipos de proteção “Ex” existentes neste novo Laboratório de Instalações “Ex” podem ser destacados os equipamentos com segurança aumentada (Ex “e”), barreiras de proteção e instrumentos intrinsecamente seguros (Ex “i”), invólucros pressurizados (Ex “p”), equipamentos não centelhantes (Ex “n”), equipamentos com proteção por temperatura de invólucro para poeiras combustíveis (Ex “t”) e componentes centelhantes encapsulados em invólucros plásticos à prova de explosão com terminais de segurança aumentada (proteção combinada Ex “de”).

Dentre os tipos de equipamentos com tipos de proteção “Ex” que se encontram instalados podem ser destacados: instrumentos sensores, transmissores e atuadores, painéis de distribuição de circuitos de força, luminárias, caixas de junção, motores de indução trifásicos, tomadas e plugues industriais e painéis locais para a partida e proteção de motores “Ex”.

Os equipamentos “Ex” são montados nestes Laboratórios de Instalações “Ex” com métodos de instalação por sistemas de bandejamento e de eletrodutos, abrangendo as instalações típicas encontradas nestes ambientes industriais. A montagem dos equipamentos “Ex” inclui métodos de entradas diretas de cabos nos invólucros “Ex” (por meio de prensa-cabos Ex “d” e de unidades seladoras Ex “d”) e métodos de entradas indiretas (com caixa de terminais Ex “e” e buchas de selagem Ex “d” selada de fábrica).

Estes laboratórios possuem ainda um sistema de automação de todos os circuitos de força e controle existentes, bem como com um sistema supervisório, com base em PLC e Interfaces Homem/Máquina. Estes Laboratórios “Ex” contam também com procedimentos para a detecção de presença gases inflamáveis no local da execução dos trabalhos em áreas classificadas e com a sistemática de emissão de Permissão de Trabalho seguro, incluindo as atividades de desligamento, bloqueio, verificação de ausência de tensão, sinalização a liberação de circuitos de força instalados em atmosferas explosivas.

Os trabalhos para a implantação destes novos Laboratório de Instalações “Ex” foram iniciados pelo Senai/Santos em 2010 e contaram com recursos técnicos, humanos e financeiros próprios do Sistema Senai/SP e Fiesp. Dentre os diversos objetivos destes dois novos Laboratório de Instalações “Ex” está o de proporcionar aos treinandos um aprendizado e uma ambientação em um local de trabalho “Ex”, típico de instalações industriais elétricas e de instrumentação contendo áreas classificadas, tais como refinarias de petróleo, plataformas de produção de petróleo “offshore” e plantas petroquímicas.

Em função da disponibilidade deste novo Laboratório de Instalações “Ex”, o Senai/Santos lançou um treinamento específico sobre Instalação e Manutenção Elétrica em Atmosferas Explosivas para Indústrias Petroquímicas e Petróleo & Gás, com carga horária de 60 horas, contendo a apresentação de conceitos teóricos e atividades práticas. Este curso “Ex” se destina a qualificar profissionais para atuar nesta área de tecnologia industrial, aplicável para as indústrias de petróleo e gás, química e petroquímica, açúcar e etanol, bem como instalações portuárias.

Este novo curso de Instalação e Manutenção “Ex” tem como foco principal as atividades de instalação e manutenção de equipamentos e instalações elétrica e de instrumentação “Ex”, com base nos requisitos das Normas Técnicas NBR IEC 60079-14 (Montagem e inspeção inicial de instalações “Ex”) e NBR IEC 60079-17 (Inspeção e manutenção de instalações “Ex”).

Entre os diversos tópicos abordados pelo novo curso “Ex”, podem ser destacados alguns:

  • Propriedades das substâncias inflamáveis e procedimentos de medição de explosividade em ambientes industriais;
  • Medidas preventivas para reduzir o risco de explosão de gases inflamáveis e poeiras combustíveis;
  • Conceitos básicos de classificação de áreas de gases inflamáveis e poeiras combustíveis;
  • Conceitos básicos sobre procedimentos de segurança, saúde ocupacional e meio ambiente em instalações industriais contendo áreas classificadas;
  • Orientação para emissão de permissão de trabalho seguro em áreas classificadas livres de gás;
  • Conceitos básicos de tipos de proteção “Ex” de equipamentos para atmosferas explosivas, incluindo Ex “d” (à prova de explosão), Ex “e” (segurança aumentada), Ex “i” (segurança intrínseca), Ex “p” (invólucros pressurizados e Ex “t” (proteção por temperatura de invólucro para poeiras combustíveis);
  • Requisitos de seleção e instalação de equipamentos “Ex” de acordo com a Norma NBR IEC 60079-14 – Projeto, seleção, montagem e inspeção inicial de instalações “Ex”;
  • Seleção de equipamentos “Ex” de acordo com os requisitos de Zona de classificação de áreas do local de instalação, EPL, Grupo do equipamento para gases e poeiras e classe de temperatura ou temperatura de ignição.

Este curso “Ex” possui um conteúdo programático alinhado com os requisitos das seguintes unidades de competências “Ex”, indicadas no Documento Operacional IECEx OD 504 – Especificações para a avaliação dos resultados das unidades de competência “Ex”.

O Laboratório de instalações “Ex” do Senai/Mauá encontra-se em operação para treinamentos dos Cursos de Instrumentação Industrial, com aulas durante a semana e aos sábados, onde os alunos recebem aulas teóricas e práticas sobre instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas.

Ações como esta contribuem para a elevação dos níveis de segurança das instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas, como base no treinamento e qualificação dos profissionais envolvidos na execução de atividades “Ex”.

Pode ser verificado que somente a certificação de equipamentos “Ex” não é suficiente para garantir a segurança das instalações em atmosferas explosivas e nem das pessoas que nelas trabalham. É necessário também que o mercado possua empresas de prestação de serviços “Ex” certificadas e de profissionais “Ex” certificados, de acordo com as respectivas normas técnicas da série ABNT NBR IEC 60079, nas áreas de classificação de áreas, projeto, montagem, inspeção, manutenção, auditoria e reparo de equipamentos e instalações “Ex”, sob o ponto de vista de segurança durante o ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas.

Sob o ponto de vista de qualificação dos profissionais que atuam no setor industrial “Ex”, tem a expectativa de que o sistema Senai possa multiplicar a instalação destes laboratórios de instalações “Ex” em outras cidades que possuam polos petroquímicos ou de açúcar e álcool. Outra expectativa é a da implantação destes Laboratório “Ex” de forma móvel, por meio de carretas devidamente equipadas e climatizadas, com os devidos módulos de treinamentos “Ex” e os devidos recursos para treinamentos e exames teóricos e práticos, o que facilita a disponibilização destes treinamentos a profissionais de diversas cidades, de uma forma mais ágil, prática, eficiente e de menor custo.

Mais informações sobre o novo laboratório de instalações “Ex” do Senai/Santos estão disponíveis em: http://santos.sp.senai.br/noticia/2812/6237/novo-curso-de-instalacao-e-manutencao-eletrica

Comentários

Deixe uma mensagem