Distribuidores e revendedores de materiais elétricos

out, 2013

Edição 92 – Setembro de 2013

A última sondagem setorial realizada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) indicou que os negócios do setor eletroeletrônico no mês de agosto de 2013 indicaram crescimento na comparação com igual mês de 2012 e estabilidade em relação a julho de 2013. Os fabricantes de materiais elétricos de instalação demonstraram cautela por par te dos investidores. “Nos últimos meses, verificou-se redução das encomendas, tanto no mercado de consumo como no corporativo, o que vem inibindo os novos negócios”, divulgou a pesquisa da Abinee. Na contramão dessa perspectiva, os distribuidores e revendedores que participaram da pesquisa publicada nas páginas a seguir expressam otimismo. As empresas apontam crescimento médio de 15% para seus respectivos faturamentos até o fim deste ano e de 12% para o mercado de materiais elétricos no mesmo período.

De acordo com o levantamento da Abinee, a insegurança quanto ao rumo da economia preocupa o consumidor, que reage com prudência, podendo influenciar negativamente as vendas. No entanto, na comparação com o ano passado, a expectativa é de crescimento dos negócios para este segundo semestre de 2013. Com relação ao comportamento do ano, ainda de acordo com o estudo da Abinee, o percentual de empresas que esperam crescimento dos negócios passou para 59% em agosto de 2013, índice abaixo dos observados no mês anterior e dos 77% verificados em março de 2013. A expectativa de crescimento do faturamento da indústria, que era de 8% no início de 2013, está sendo revista para 5%.

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

 

 

Comentários

Deixe uma mensagem