Dispositivos elétricos

jul, 2014

Edição 101 – Junho de 2014

Crescimento moderado

Fabricantes e distribuidores de dispositivos elétricos estimavam crescimento de 14% em relação a 2013, mas o aumento foi de apenas 12%. O número, ainda assim, é superior ao acréscimo de 8% apresentado entre 2011 e 2012.

As previsões otimistas feitas no ano passado pelos fabricantes de dispositivos elétricos não se concretizaram totalmente. O crescimento de 14% projetado para as empresas do segmento para 2013 foi na verdade de 12% em comparação ao ano anterior, como mostra a pesquisa realizada neste mês pela revista O Setor Elétrico, que entrevistou não apenas fabricantes, mas também distribuidores e usuários de dispositivos elétricos. Mesmo assim, o crescimento foi maior do que o verificado em 2012 ante 2011, que foi de somente 8%.

Entre os fatores que podem influenciar o crescimento do mercado de dispositivos elétricos em 2014, a maioria dos fabricantes entrevistados, 35%, apontou a desaceleração da economia brasileira deste ano como motivo de maior influência. Certamente, por isso, as empresas projetaram um crescimento do mercado de apenas 6% para o ano em curso. O número é bem inferior ao aumento de 14% estimado pelas empresas para 2013.

O pessimismo das empresas parece afetar, inclusive, a sua percepção em relação ao próprio desempenho em 2014. Se no ano passado, a maioria dos pesquisados (30%) apresentou um faturamento bruto anual entre R$ 10 milhões e R$ 30 milhões, neste ano, a mesma maioria (30%) declarou um faturamento um pouco menor, entre R$ 5 milhões e R$ 20 milhões.

Clique aqui para fazer o download da pesquisa na íntegra.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: