Consumo nacional de energia cresce 1,6% em setembro; ano deve encerrar em 390 TWh

out, 2009

Edição 45, Outubro de 2009

Por EPE – Empresa de Pesquisa Energética – www.epe.gov.br

Consumo nacional de energia cresce 1,6% em setembro; ano deve encerrar em 390 TWh

O consumo nacional de energia elétrica na rede totalizou 33.119 GWh em setembro de 2009, o segundo maior valor do ano. Relativamente ao mês de agosto, a variação foi de 1,6%. Já na comparação com setembro do ano passado, a taxa se mostra negativa em 0,7%, mas se mostra o melhor desempenho do ano. Findo o terceiro trimestre, o consumo acumula em 2009 recuo de 2,4% sobre igual período do ano anterior.

Os resultados consolidam a recuperação do consumo industrial e a manutenção da forte demanda pela classe residencial.

Uma vez mais, as residências são destaque no crescimento do consumo mensal de energia. No acumulado janeiro-setembro, o aumento é de 5,9% frente ao mesmo período de 2008. As taxas relativamente elevadas estão associadas à política anticíclica adotada pelo governo, especialmente redução de IPI de equipamentos eletrodomésticos, favorecendo a aquisição de novos aparelhos.

 

É nítida também a tendência de crescimento do consumo industrial de energia elétrica na rede ao longo do ano. A taxa negativa de 6,1% em setembro é a menor de 2009. Encerrado o terceiro trimestre, o consumo das indústrias acumula no ano 121.485 GWh, uma queda de 10,3% em relação ao mesmo período de 2008.

A recuperação do consumo industrial ocorre em todas as regiões, porém mais intensamente no Sudeste, onde foram mais intensos os efeitos da crise. O consumo de energia da indústria paulista (que responde por 55% do consumo regional) cresceu 8,6% entre junho e setembro deste ano, indicando definitiva superação dos níveis de 2006.

Nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, a recuperação do consumo industrial está associada à retomada do nível de atividade da cadeia metalúrgica. Somente o Rio de Janeiro continua a registrar valores inferiores aos de 2004.

Também no Nordeste, a energia consumida em setembro pelas indústrias apresentou o maior valor do ano – 5.580 GWh. As indústrias do ramo metalúrgico, especialmente as dos segmentos de ferro-ligas e siderurgia, foram as mais afetadas pela crise. Não por acaso, a Bahia, que concentra essas indústrias, é o estado onde é mais acentuada a queda do consumo: em setembro, -10,4% e no acumulado do ano, -15%. Já Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte apresentaram, em setembro, consumo industrial acima do de 2008.

No Sul, o consumo industrial apresentou, pela primeira vez no ano, valor mensal superior ao de 2007. No acumulado do ano, a retração no consumo teve forte influência do comportamento dos ramos de metalurgia básica, couro e calçados e máquinas e equipamentos, importantes no parque industrial da região.

 

Consumo em 2009 atingirá 390 TWh

 

Com a apuração do consumo de energia elétrica na rede até setembro deste ano, procedeu-se ao ajustamento das previsões para o último trimestre do ano. A expectativa é que, no quarto trimestre, o consumo possa somar 104,1 TWh (média mensal de 34,7 TWh), acumulando, no ano, um valor próximo a 390 TWh. Nesse cenário, o consumo de eletricidade em 2009 se situará ligeiramente abaixo do registrado no ano passado, quando foram consumidos 392,7 TWh (recuo de 0,7%).

O cenário do quarto trimestre de 2009 compreende a confirmação da trajetória de recuperação do consumo industrial. No mês de dezembro, é esperado que o consumo dessa classe de consumidores possa crescer a taxa de dois dígitos. Nos últimos três meses do ano, a expansão poderá se situar entre 5 e 6%, situação que levará ao registro de uma redução em torno de 6% quando computado todo o ano de 2009 (em relação a 2008).

Na baixa tensão, espera-se expansão do consumo das classes residencial e comercial em  torno de 5%, o que significa alguma desaceleração do ritmo de crescimento observado até setembro. Nesse caso, levou-se em conta efeito estatístico determinado por uma base de comparação (4º trimestre de 2008) especialmente elevada.

Comentários

Deixa uma mensagem

%d blogueiros gostam disto: